ASSINE

"Não existia nada inflamável no carro", diz esposa de empresário

O empresário Ricardo Portugal, de 38 anos, morreu após o carro dele explodir ao passar na Avenida Adalberto Simão Nader, em Vitória, na tarde desta sexta-feira (30)

Publicado em 31/10/2020 às 12h58
Atualizado em 31/10/2020 às 21h30
Do veículo, sobrou apenas a carcaça de metal; motorista morreu e autoridades ainda trabalham no local
Do veículo, sobrou apenas a carcaça de metal; motorista morreu no local. Crédito: Carlos Alberto Silva

Com uma voz embargada, quem atendeu o telefone do outro lado da linha foi uma mulher que busca superar a dor de quem acabara de perder o marido, o empresário do ramo de tecnologia Ricardo Portugal, de 38 anos, em um acidente automobilístico.

Ele morreu após o Jeep Compass em que estava pegar fogo e explodir ao trafegar pela Avenida Adalberto Simão Nader, em Vitória, na tarde desta sexta-feira (30). As causas do acidente serão apuradas pela Delegacia de Delitos de Trânsito, da Polícia Civil.

Na manhã deste sábado (31), a economista Cristiane Marba, de 45 anos, atendeu a reportagem por telefone. Ela contou que o relacionamento com Ricardo teve início há 10 anos. Eles tinham oito anos de casados, união na qual tiveram um filho, atualmente com 7.

Empresário Ricardo Portugal, de 38 anos, morreu em acidente de carro
Empresário Ricardo Portugal, de 38 anos, morreu em acidente de carro. Crédito: Acervo pessoal

A senhora sabe o que pode ter provocado o acidente?

Foi uma explosão. Os vídeos estão muito claros, já vi vários.  O fogo começou no tanque de combustível.  Quem conhece o carro sabe que o tanque fica debaixo do banco traseiro.  Inclusive, estão colocando algumas coisas nos jornais que são inverídicas.

Como o quê, por exemplo?

Que poderia ter coisas inflamáveis no carro e que isso poderia ter provocado a explosão. Não existia nada disso no carro.  Se vocês olharem os vídeos, vão ver que foi no tanque de combustível. Esse carro passou por revisão recentemente, pela própria autorizada Jeep. O carro é novo, de 2019, nunca deu problema.  Era meu e foi passado para ele.

E agora, quais procedimentos serão adotados?

Estou aguardando o carro chegar no DPJ para iniciar a perícia do que aconteceu.  O carro tem seguro total. O perito da seguradora vai investigar. O perito da polícia também vai investigar e precisa dizer o que aconteceu.

Como era o Ricardo?

Nem sei  o que dizer sobre ele.  Somos casados há cerca de oito anos, mas estávamos juntos há 10. Temos um filho de 7 anos. Ele era um bom amigo, trabalhador, realmente isso ter acontecido foi um susto. Os familiares dele são de Belo Horizonte (Minas Gerais), mas estão vindo para Vitória. Quando eles chegarem, vamos decidir sobre velório e sepultamento.

VÍDEO DO ACIDENTE

A cena do carro em chamas foi registrada por câmeras de segurança de uma loja de computadores. As imagens mostram que o veículo pegou fogo enquanto estava em movimento, antes de bater.

Por meio de nota, a Fiat Chrysler Automóveis – grupo ao qual a marca Jeep pertence – informou que está "acompanhando o caso de perto" e que aguarda os resultados da perícia técnica para se manifestar sobre as causas do acidente. "Todos os produtos são projetados dentro dos mais rigorosos padrões técnicos internacionais de segurança", garantiu a FCA.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Praia do Canto Vitória (ES) acidente adalberto simão nader

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.