Motoristas de ônibus de Vitória fazem protesto em frente à prefeitura

Os motoristas alegam que a prefeitura da capital não está fazendo o repasse de verba à Viação Grande Vitória, o que estaria causando atraso no pagamento dos salários

Vitória
Publicado em 26/01/2021 às 19h26
Motoristas dos ônibus municipais de Vitória realizaram uma manifestação em frente à prefeitura
Motoristas dos ônibus municipais de Vitória realizaram uma manifestação em frente à prefeitura. Crédito: Fernando Madeira

Motoristas de ônibus municipais de Vitória realizaram uma manifestação em frente à prefeitura da capital na tarde desta terça-feira (26). A categoria cobra o repasse de verba do município para que a Viação Grande Vitória possa fazer o pagamento dos salários dos motoristas, que, segundo eles, está em atraso.

De acordo com Paulo Roberto Gomes, motorista da viação, o movimento partiu dos próprios motoristas e não teve participação do sindicato. Paulo esteve na reunião com o secretário de Transportes de Vitória, Alex Mariano, realizada nesta tarde (26) e afirmou que o resultado da conversa foi positivo, mas não deu detalhes.

"A Prefeitura não está repassando dinheiro para a empresa, que reclama que houve o aumento da passagem do Transcol e ela ficou defasada. Isso atrasa o pagamento dos motoristas. A reunião foi boa, vão ter mais reuniões para resolver certinho a situação com a gente", resumiu.

Motoristas dos ônibus municipais de Vitória realizaram uma manifestação em frente à prefeitura
Os motoristas ocuparam uma faixa de cada sentido da Avenida Beira-Mar, na altura da prefeitura durante a reunião. Crédito: Fernando Madeira

Os motoristas ocuparam uma faixa de cada sentido da Avenida Marechal Mascarenhas de Moraes, a Beira-Mar, na altura da prefeitura, das 14h até as 18h, quando acabou a reunião. A Guarda Municipal e a Polícia Militar estiveram no local da manifestação, que não gerou impacto no trânsito.

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Setpes), sindicato que representa as empresas do transporte público municipal, informou que duas empresas de ônibus do Sistema Municipal de Vitória estão "há um longo período enfrentando um momento de dificuldades no pagamento de salários e benefícios", mas não especificou quais empresas são e nem há quanto tempo o pagamento está em atraso.

O Setpes alegou ainda que as empresas operam 80% da frota de transporte de passageiros da capital e que o sindicato, junto com as companhias, está "buscando o melhor caminho para que as atividades sejam retomadas sem maiores prejuízos para colaboradores e para a população".

A reportagem de A Gazeta também demandou a Secretaria de Transportes, Trânsito e Infraestrutura Urbana (Setran) de Vitória, mas, até o fechamento desta reportagem, não obteve resposta. Assim que o posicionamento chegar, este texto será atualizado.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.