ASSINE

Médico do Sul do ES morre vítima de complicações da Covid-19

Dr. Jackson Fernando Jacques tinha 62 anos. Ele atuava em Marataízes e Itapemirim. As prefeituras dos dois municípios decretaram luto oficial de três dias

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 05/03/2021 às 17h30
Atualizado em 05/03/2021 às 17h30
Jackson Fernando Jacques tinah 62 na
O médico Jackson Fernando Jacques tinha 62 anos. Crédito: Reprodução/ Redes sociais

O  médico Jackson Fernando Jacques, que era servidor da prefeitura de Marataízes e também trabalhava no Hospital Menino Jesus, em Itapemirim, no Litoral Sul do Espírito Santo, morreu nesta quinta-feira (04) após ter complicações causadas pela Covid-19. As prefeituras dos dois balneários divulgaram a informação e decretaram luto oficial de três dias.

Segundo a prefeitura de Marataízes, o médico atuava na atenção primária do município. Jackson tinha 62 anos e chegou a ser considerado curado da Covid-19 quando contraiu uma pneumonia e não resistiu. Ele estava internado em um hospital da região.

O prefeito de Marataízes, Robertino Batista da Silva lamentou a morte do profissional. “Nosso coração chora mais uma perda... Deus conforte os corações de toda a família, amigos e admiradores do Dr. Jackson Fernando Jacques. Estamos de luto”, publicou o prefeito.

No município vizinho, Itapemirim, o prefeito Thiago Peçanha também manifestou pesar pelo falecimento do médico. “É com grande consternação que o Município de Itapemirim e o Prefeito Dr Thiago, manifestam o mais profundo pesar pelo falecimento do médico JACKSON FERNANDO JACQUES, falecido na noite desta quinta-feira, 04 de março, vítima de COVID-19. O município decreta luto oficial de três dias. Dr Jackson Fernando Jacques tinha 62 anos, era um excelente médico, atuou por muitos anos na antiga maternidade do hospital Santa Helena, na sede do município, com a transferência da maternidade para o Hospital Menino Jesus, passou a atuar por lá. Dedicou muitos anos da vida realizando pré-natal nas unidades de saúde de Itapemirim”, divulgou o município nas redes sociais.

O sepultamento do médico aconteceu às 16h, no cemitério da Vila de Itapemirim.

Itapemirim Marataízes Coronavírus no ES Profissionais da saúde

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.