ASSINE

Médico de 28 anos morre em São Mateus vítima da Covid-19

O jovem profissional estava internado, há um mês, lutando contra a doença.  Antes de adoecer, trabalhava em São Domingos do Norte, Vila Valério e São Gabriel da Palha. Também atuou em Sooretama

Publicado em 26/07/2020 às 11h06
Atualizado em 26/07/2020 às 11h07
Médico Raul Lima
Médico Raul Lima, de 28 anos, foi infectado com coronavírus e não resistiu. Crédito: Redes sociais

O médico Raul Lima, de 28 anos, morreu na manhã de sábado (25), vítima do novo coronavírus. Ele estava há cerca de um mês internado no hospital Roberto Silvares, em São Mateus, no Norte do Estado, lutando contra a doença, que já matou mais de 2.300 pessoas no Espírito Santo.

Antes de contrair o vírus e ser hospitalizado,  o médico atendia pacientes nas cidades de São Domingos do Norte, Vila Valério e São Gabriel da Palha. Segundo o Painel Covid-19, do governo do Espírito Santo,  até a manhã deste domingo (26) foram registrados no Estado 31 óbitos de profissionais da saúde. 

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Espírito Santo (CRM-ES), por nota, lamentou mais esta morte envolvendo um profissional da categoria. “É com pesar que o CRM-ES recebe a notícia do falecimento de mais um colega vítima da Covid-19. Nossa solidariedade aos familiares e amigos”, diz a mensagem. 

Este vídeo pode te interessar

A prefeitura de Sooretama, município onde o médico já trabalhou, também divulgou nota de pesar em sua rede social. Segundo a publicação, Raul atuou no PA 24 horas até o final de 2019 "com muita dedicação, profissionalismo e comprometimento”. "Neste momento de dor e sofrimento, nos solidarizamos com seus familiares e amigos, rogando a Deus que conforte o coração de todos", diz o texto. 

Nota de pesar da prefeitura de Sooretama pela morte do médico Raul Lima
Nota de pesar da prefeitura de Sooretama pela morte do médico Raul Lima. Crédito: Divulgação/Prefeitura de Sooretama

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.