ASSINE

Mais de 84 mil doses de vacina contra Covid-19 chegam ao ES

Doses da Coronavac chegaram em um voo no Aeroporto de Vitória na madrugada desta quarta (17) e começarão a ser enviadas aos municípios ainda hoje

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 17/03/2021 às 08h03
Mais 84.600 doses da Coronavac chegaram em um voo no Aeroporto de Vitória na madrugada desta quarta-feira (17)
Mais 84.600 doses da Coronavac chegaram em um voo no Aeroporto de Vitória na madrugada desta quarta-feira (17). Crédito: Divulgação / Sesa

Espírito Santo recebeu um novo lote de vacinas para imunização contra o novo coronavírus. Mais 84.600 doses da Coronavac chegaram em um voo no Aeroporto de Vitória na madrugada desta quarta-feira (17). De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), as doses começarão a ser enviadas aos municípios ainda nesta quarta e destinadas à continuidade da vacinação dos idosos de 75 a 79 anos e trabalhadores da saúde.

“O Estado fará o envio de imunizantes aos municípios com o quantitativo de 5% aos trabalhadores da saúde, o que irá completar aproximadamente 100% da D1 (dose 1) deste público (com cobertura atual de 95%); e também mais o quantitativo de 50% de D1 para idosos de 75 a 79 anos. Para ambos os públicos, também está garantida a segunda dose”, destacou o órgão, em nota.

Em entrevista à TV Gazeta, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, afirmou que o Ministério da Saúde está enviando as vacinas com uma maior regularidade e que no mês de abril este quantitativo irá aumentar ainda mais. No entanto, frisou que isso não é suficiente para o combate ao colapso enfrentado na rede pública de saúde.

“Temos a expectativa de que em abril, a gente tenha uma quantidade superior de doses do que as já enviadas nos últimos meses. A vacinação deve ser acelerada, mas ainda de forma insuficiente para enfrentar o colapso da rede sanitária no país”, disse.

O secretário disse ainda que o Estado também está em negociação para a compra de doses para imunizar uma maior parcela da população adulta, mas reforçou a necessidade das medidas determinadas pelo governo estadual.

“O Estado está negociando vacinas com diversos fornecedores para imunizar a população adulta do nosso Estado. No entanto, essas negociações ainda necessitam de algumas finalizações. Elas não serão úteis para esta semana ou a próxima como estratégia de enfrentamento à pandemia. Elas darão resultado nos próximos 30, 60 ou 90 dias da vacinação da maioria do povo. Por isso eu reitero, fiquem em casa. Se atentem às medidas que estamos implantando para o Estado todo, elas vão salvar vidas”, completou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Coronavírus no ES espírito santo Vacinas contra a Covid-19

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.