ASSINE

Idoso celebra aniversário de 70 anos correndo 1 km para cada idade no ES

Morador de Pancas, Wilson Batistas Gonçalves resolveu correr um quilômetro para cada ano de vida. Acostumado com as corridas de longa distância, ele cumpriu o desafio de 70 km em 11 horas

Colatina
Publicado em 28/01/2021 às 20h31
Aos 70 anos, Wilson percorreu 70 km pelas ruas de Pancas
Wilson Batistas Gonçalves é acostumado com as corridas de longa distância. Crédito: Acervo Pessoal

Como você gosta de comemorar seu aniversário? A maioria das pessoas convida amigos e família para uma festa. Mas um morador de Pancas, no Noroeste do Espírito Santo, resolveu celebrar a nova idade de um jeito diferente. Wilson Batista Gonçalves correu um quilômetro para cada ano vivido. O detalhe é que ele completou 70 e encarou 70 km de corrida pelas ruas e distritos do município, na última terça-feira (26).

A ideia de celebrar o aniversário assim não é novidade para o idoso, outras vezes ele já percorreu um quilômetro para cada idade, mas antes ele cumpria o desafio de bicicleta, correndo foi a primeira vez. “Eu já fazia pedalando, e me planejei para fazer correndo dessa vez. Era um desejo antigo”, conta.

Aos 70 anos, Wilson percorreu 70 km pelas ruas de Pancas
Aos 70 anos, Wilson percorreu 70 km pelas ruas de Pancas . Crédito: Acervo Pessoal

O idoso fez um percurso pelas ruas de Pancas, passou pelos distritos de Laginha e Montes Claros e retornou para a sede do município. Wilson conta que gastou 11 horas para concluir o desafio, sendo que nove foram correndo e duas em pequenas pausas que fez durante o trajeto.

Este vídeo pode te interessar

O idoso cumpriu o percurso sozinho, e levou água e alguns alimentos. Perguntado sobre as dificuldades, o aposentado brincou: “Apenas o calor que estava intenso, mas acho que foi tranquilo”.

Aos 70 anos, Wilson percorreu 70 km pelas ruas de Pancas
Wilson passou por várias ruas do munícipio capixaba . Crédito: Acervo Pessoal

Habituado à prática esportiva, o idoso começou a correr há seis anos. Ele pratica preferencialmente as corridas de montanha e gosta das longas distâncias. Ele já participou de várias competições pelo Espírito Santo e até em outras partes do Brasil.

Aos 70 anos, Wilson percorreu 70 km pelas ruas de Pancas
O idoso é especialista em corridas de montanha . Crédito: Acervo Pessoal

HISTÓRIA DE AMOR PELO ESPORTE

Wilson nasceu no Espírito Santo, e ainda na adolescência se mudou para o Rio de Janeiro. Por lá, o esporte sempre fez parte da sua vida. Ele já praticou várias modalidades como alpinismo e natação. Ele é casado, pai de dois filho e avô de um neto.

Na capital carioca, o capixaba fez carreira como militar na Marinha do Brasil. Quando se aposentou, há cerca de 20 anos, ele decidiu voltar para o Estado de origem. Viver mais próximo dos familiares foi uma das motivações, mas o esporte foi um fator definitivo na decisão de retorno ao Espírito Santo. “Eu praticava voo livre, e a nossa região é ideal para isso, então me motivou também”, lembra o idoso.

Aos 70 anos, Wilson percorreu 70 km pelas ruas de Pancas
Aos 70 anos, Wilson já percorreu o país para praticar o esporte. Crédito: Acervo Pessoal

Quando voltou para o Espírito Santo, Wilson foi apelidado de Carioca. Apesar de capixaba, ele gostou e incorporou o apelido nas competições que participa. Apaixonado pelo esporte, Wilson Carioca afirma que pretende repetir o desafio quando completar os 71 anos. “Enquanto Deus me der saúde eu vou continuar correndo”, afirmou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Pancas Esportes idosos Atletismo Corrida

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.