ASSINE

Greve dos motoristas de caminhão de lixo segue sem previsão de acordo no ES

Parte dos grevistas impediu a saída de caminhões na Serra, gerando confusão na manhã desta sexta-feira (13)

Rede Gazeta
Publicado em 13/11/2020 às 13h25
Caminhão de lixo faz coleta no bairro Terra Vermelha
Caminhão de lixo faz coleta no bairro Terra Vermelha. Crédito: Nádia Prado

greve dos motoristas de caminhão de lixo, iniciada na manhã desta quinta-feira (12), segue sem previsão de acordo. Nesta sexta (13), um princípio de confusão foi registrado na porta de uma das empresas de transporte de lixo na Serra.

Parte dos grevistas foi para a frente dos portões da garagem onde ficam os caminhões e impediu a saída de alguns trabalhadores, gerando a confusão durante a manhã, como mostra o vídeo abaixo. A Polícia Militar foi acionada e esteve no local.

A greve se dá pela insatisfação da categoria com as propostas de reajustes salariais e outros pontos apresentadas pelos empregadores. O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Espírito Santo (Sindirodoviários), que representa a categoria, diz que, mesmo com a paralisação, está cumprindo a medida liminar que pede 70% da frota dos caminhões nas ruas.

Segundo os rodoviários, a greve deve continuar, pois, até o momento, não houve nenhuma tentativa do sindicato que representa as empresas de dialogar sobre as insatisfações da categoria.

O QUE DIZ O SINDICATO DAS EMPRESAS

Procurado, o Sindicato das Empresas de Limpeza Urbana do Espírito Santo (Selures) diz que o movimento dos rodoviários é ilegal, pois descumpre o prazo de 72 horas para dar ampla comunicação da paralisação à sociedade, bem como as empresas do setor. Além disso, informa que sempre esteve aberto ao diálogo, buscando tratativas transparentes e justas, e que atendeu todos os pleitos realizados inicialmente pelo Sindirodoviários, garantindo o reajuste salarial de 2,46%, índice de inflação com a data-base de Maio 2020.

* Vinícius Zagoto é aluno do 23° Curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta, sob supervisão do editor Rodrigo Lira

A Gazeta integra o

Saiba mais
Greve dos Rodoviários paralisação sindirodoviários

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.