Espírito Santo recebe pacientes de Manaus infectados com Covid-19

O grupo de pacientes chega nesta quinta-feira (21) ao Estado. Eles devem ser  transferidos para o Hospital Dr. Jayme Santos Neves, na Serra

Vitória
Publicado em 21/01/2021 às 16h09
Atualizado em 21/01/2021 às 19h25
Pacientes com Covid-19 sendo transportados de Manaus para o ES
Pacientes com Covid-19 sendo transportados de Manaus (AM) para o ES. Crédito: Divulgação/FAB

O Espírito Santo vai receber pacientes diagnosticados com Covid-19 vindos de Manaus, no estado do Amazonas, nesta quinta-feira (21). A informação foi confirmada pelo superintendente do Ministério da Saúde no Estado, Bartolomeu Martins Lira. 

De acordo com informaçõs apuradas por A Gazeta, 36 pacientes serão transferidos pela Força Aérea Brasileira (FAB) ainda nesta quinta-feira. Os pacientes estarão em dois voos, um com previsão de chegada às 20h15 e outro na madrugada de sexta-feira. 

"São pacientes com estado de saúde moderado, que ainda precisam de cuidados apesar de estabilizados. O primeiro voo terá uma parada técnica  em Tocantins para avaliar o estado de saúde e oferecer qualquer atendimento se for preciso", explicou Bartolomeu. 

Seis profissionais de saúde de Manaus estarão acompanhando os pacientes, que serão recebidos por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). As ambulâncias serão escoltadas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) até o hospital na Serra. 

Diante do colapso do sistema de saúde no Amazonas, quando pacientes infectados com Covid-19 morreram por falta de oxigênio, o governador Renato Casagrande ofertou, no último dia 14, 30 leitos capixabas aos amazonenses. 

Em vídeo enviado à imprensa, o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, garantiu que a medida não vai comprometer o atendimento dos capixabas que precisarem de internação. 

"Temos hoje livres no Espírito Santo 150 leitos de UTI para atender pacientes com Covid-19. 20% dessa oferta está sendo garantida nesse gesto de solidariedade. Temos condições plenas de atender qualquer paciente em solo capixaba que também seja atendido pela Covid. Esse gesto de solidariedade não compromete a garantia do acesso, no Espírito Santo, aos pacientes atingidos pela pandemia”, disse Nésio. Confira:

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.