ASSINE

Entregador de lanches morre após ser atingido por carro em Vitória

Motorista foi levado à delegacia e liberado. Ele disse que não conseguiu frear no sinal vermelho e bateu na traseira do entregador, que estava parado. Caso será investigado

Publicado em 13/09/2020 às 14h09
Atualizado em 13/09/2020 às 17h20
Acidente aconteceu na Avenida Fernando Ferrari. Polícia Civil vai investigar o caso
Acidente aconteceu na Avenida Fernando Ferrari. Polícia Civil vai investigar o caso. Crédito: Reprodução/Internauta

O motociclista Renato Vieira da Costa, de 31 anos,que trabalhava entregando lanches por um aplicativo,  morreu na noite do último sábado (12), ao ser atingido por um carro enquanto estava parado em um semáforo, em Goiabeiras, em Vitória.  O acidente aconteceu na Avenida Fernando Ferrari, por volta das 20 horas.

Com o impacto da batida, Renato foi arremessado para o outro lado da pista, onde bateu em um muro, a cerca de 10 metros de onde aconteceu a colisão. Ele morreu no local do acidente. 

De acordo com o boletim da Polícia Militar, o motorista do carro que atingiu o motociclista admitiu que ultrapassou o sinal vermelho. Aos policiais que atenderam a ocorrência, ele disse que não conseguiu frear a tempo. 

O motorista permaneceu no local e fez o teste do bafômetro que deu negativo para ingestão de álcool. O carro estava com a documentação irregular, mas não foi recolhido, já que não havia guinchos credenciados disponíveis.

O irmão da vítima, Warley Vieira da Costa, lamentou a morte de Renato e disse que testemunhas que estavam no local indicaram que o veículo envolvido no acidente estava em alta velocidade.

"Existem câmeras de monitoramento em cima do acidente. É só puxar a imagem. Queremos a imagem, queremos as provas. Não quero que meu irmão seja só mais um número", disse Warley.

A Secretaria Municipal de Segurança Urbana de Vitória (Semsu) informou que o condutor do carro envolvido foi conduzido ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) da capital para formalidades. A perícia da Polícia Civil, o Samu e o Corpo de Bombeiros também estiveram no local.

A Polícia Militar informou, por nota, que não havia testemunhas do acidente no local. As investigações sobre as circunstâncias e a dinâmica do acidente estão a cargo da Polícia Civil.

MOTORISTA FOI LIBERADO

A Polícia Civil, por meio de nota, informou que o motorista do veículo foi ouvido na delegacia e liberado, "conforme previsto no Código de Trânsito Brasileiro, uma vez que ele permaneceu no local do acidente e prestou socorro à vítima".

O caso seguirá sob investigação na Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória e já foi liberado para familiares.

Vitória (ES) acidente fernando ferrari

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.