ASSINE

Em Vitória, 190 toneladas de lixo viram mosaico de tartaruga gigante

Segundo a Prefeitura de Vitória, trata-se do maior mosaico deste tipo já feito no mundo e o município quer que a obra de arte seja aferida para entrar no Guinness Book

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 21/05/2022 às 16h51
Ação de limpeza da baía e dos manguezais de Vitória resultou na construção de um mosaico de tartaruga feito a partir de resíduos
Ação de limpeza da baía e dos manguezais de Vitória resultou na construção de um mosaico de tartaruga feito a partir de resíduos . Crédito: Divulgação | PMV

Uma ação de limpeza da baía e dos manguezais de Vitória resultou na construção de um mosaico feito a partir de resíduos, neste sábado (21), na Praça do Papa. Com quase 1,3 mil metros quadrados e cerca de 190 toneladas de lixo, foi formada uma grande tartaruga no local. O desenho foi do artista Nico, do bairro Jesus de Nazareth, e o trabalho foi encerrado ao ritmo dos componentes da escola de samba Andaraí, de Santa Martha.

Segundo a prefeitura, trata-se do maior mosaico deste tipo já feito no mundo e o município quer que a obra de arte seja aferida para entrar no Guinness Book. 

O mutirão de limpeza teve início na última segunda-feira (16), em homenagem ao Dia do Gari. Os profissionais de limpeza passaram a semana retirando todo tipo de resíduos e entulhos em toda a orla da capital do Espírito Santo.

"Durante toda a semana, retiramos lixos e objetos deixados indevidamente pelas pessoas em nossos manguezais e na baía. Hoje, encerramos essa grande ação formando o maior mosaico construído a partir de resíduos no mundo, mostrando nosso compromisso com uma cidade limpa e atenta ao desenvolvimento sustentável", disse o prefeito Lorenzo Pazolini.

"É uma ação fundamental de conscientização de pessoas de todas as idades. Hoje formamos esse representativo mosaico, mas o ideal era de que esse lixo não fosse jogado na baía e nos manguezais. Vamos sempre cuidar da cidade e realizar um trabalho voltado para deixar Vitória limpa", afirmou o secretário de Meio Ambiente, Tarcísio Föeger.

O secretário da Central de Serviços, Leonardo Amorim, destacou que a ação traz conscientização para a população. "Hoje, formamos esse grande mosaico, mas o ideal era de que não tivesse esse tanto de resíduos destacados em nossa baía e em nossos manguezais. É uma ação que envolve nossos profissionais de limpeza e sociedade civil, empresas privadas voluntárias, ONGs e coletivos para manter a cidade limpa e organizada. Finalizamos com essa obra de arte, que será aferida para entrar no Guinness Book como o maior mosaico feito com resíduos no mundo", explicou.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Prefeitura de Vitória Vitória (ES) Baía de Vitória Coleta de lixo Manguezal Capixaba

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.