ASSINE

Eclipse anular com "anel de fogo" ao redor da lua será visível no ES?

Segundo Márcio Malacarne, coordenador do Gaturamo Observatório (GOA) da Ufes, o fenômeno ocorre quando a lua encobre o sol em seu ponto de órbita mais próximo da Terra

Vitória
Publicado em 09/06/2021 às 18h28
O último eclipse anular ocorreu em 2019
O último eclipse anular ocorreu em 2019. Crédito: Divulgação | Nasa

Nesta semana vai ocorrer um eclipse anular e, por alguns minutos, um belo "anel de fogo" aparecerá no céu — resultado da ocultação parcial do disco solar pela lua. Mas será que todos poderão apreciar o fenômeno? Infelizmente não. Os capixabas e os demais brasileiros vão ficar de fora. A faixa de totalidade do fenômeno é pequena e o eclipse só será visto no norte do Canadá e no leste da Sibéria.

Segundo o mestre em Astrofísica Márcio Malacarne, coordenador do Gaturamo Observatório (GOA) da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), o eclipse anular ocorre quando a lua encobre o sol em seu ponto de órbita mais próximo da Terra, não cobrindo todo o disco Solar. "Não fica escuro como a noite, durante um eclipse total", detalhou.

Ele reafirma que o fenômeno não será visível do Brasil. Grandes cidades do hemisfério norte, como Chicago, Nova York, Toronto, Boston, Paris, Londres, Berlim, Estocolmo e Moscou, poderão observar apenas um eclipse parcial a olho nu.

Para não ficar totalmente fora dessa, será possível acompanhar uma transmissão do Virtual Telescope Project, que vai começar às 6h30 (horário de Brasília) da quinta-feira (10). O vídeo poderá ser visto no site do projeto, ou também em seu canal no YouTube. Para facilitar, colocamos o vídeo logo abaixo. É só “dar play” na hora do eclipse e aproveitar.

O ponto máximo do eclipse, quando o “anel de fogo” surge no céu, deve ocorrer às 7h41.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.