ASSINE

"É questão de tempo confirmar a variante Delta no ES", diz secretário

Segundo Nésio Fernandes, em coletiva nesta segunda-feira (26), o governo do Estado tem "convicção de que a variante Delta já circula em território capixaba"

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 26/07/2021 às 17h13
coronavírus
Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Crédito: Guitar Tawatchai/Freepik

Na avaliação do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, "é uma questão de tempo" a confirmação da circulação da variante Delta no Espírito Santo. A cepa é apontada como um dos principais aceleradores da Covid-19 no mundo.

A análise foi apresentada nesta segunda-feira (26) durante coletiva de imprensa. De acordo com Nésio, é preciso levar em consideração o impacto do comportamento social e a exposição ao risco, além do contexto de circulação de 10 variantes no Estado. Segundo ele, o governo do Estado tem "convicção de que a variante Delta já circula em território capixaba".

Nésio Fernandes

Secretário de Estado da Saúde

"Nós entendemos que dadas as dinâmicas no Brasil, de transmissão comunitária da doença, das diversas cepas identificadas em todo o território nacional e também da circulação da variante Delta em Estados vizinhos, nós acreditamos que é questão de tempo a confirmação, por parte do Ministério da Saúde, da circulação dessa variante no Espírito Santo"

Embora seja mais transmissível, ainda não há comprovação de que seja uma mutação mais agressiva do vírus, o que torna mais complicado diferenciá-la de doenças gripais ou de outras variantes da Covid-19. Entre os sintomas mais comuns estão tosse, febre e dor de cabeça.

Este vídeo pode te interessar

DESCOBERTA NA ÍNDIA

A variante Delta do coronavírus Sars-CoV-2 (anteriormente chamada de B.1.617.2), identificada pela primeira vez na Índia no final de 2020, está colocando em alerta até países com a vacinação avançada contra a Covid-19, como é o caso de Estados Unidos, Reino Unido e Israel.

Nesses locais, a chegada da variante delta fez o número de novas infecções subir rapidamente entre as pessoas que não receberam nenhuma vacina. Nos Estados Unidos, mais de 80% dos novos casos da doença são causados pela variante Delta - um cenário que pode também ser o futuro do Brasil, onde a variante já está presente no vizinho Rio de Janeiro e em São Paulo.

"Ela tem características de transmissibilidade mais alta que as demais, de maneira que o comportamento inadequado e desrespeito aos protocolos podem comprometer as conquistas dessa fase de recuperação. Seria ruim ter uma estabilização dos óbitos. Queremos que eles continuem caindo", ressalta Nésio.

Apontada como um dos principais aceleradores de casos de Covid-19 no mundo atualmente, "a variante Delta pode ser confirmada no Espírito Santo em uma questão de tempo", conforme pontuou o secretário de Estado da Saúde.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 Vacinas contra a Covid-19

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.