ASSINE

Covid-19: inquérito sorológico em presídios do ES começa na segunda (31)

A testagem será dividida em duas fases com dois mil testes em cada uma. A primeira tem início no próximo dia 31. Já a segunda está prevista para outubro

Publicado em 28/08/2020 às 15h57
Atualizado em 28/08/2020 às 15h58
Profissionais de saúde fazem testes por amostragem para saber qual a proporção de contaminados no Estado. O primeiro bairro de Vitória foi Jardim Camburi
Profissionais de saúde fazem testes por amostragem para saber qual a proporção de contaminados no Estado. Crédito: Ricardo Medeiros

Cerca de quatro mil testes rápidos de Covid-19 serão utilizados no sistema prisional do Espírito Santo a partir da próxima segunda-feira (31), com objetivo de levantar dados sobre a prevalência da pandemia de coronavírus nos 34 estabelecimentos prisionais do Estado. A testagem será dividida em duas fases, com dois mil testes em cada uma. A primeira tem início no próximo dia 31. Já a segunda está prevista para outubro, segundo a Secretaria de Justiça do Estado (Sejus).

Assim como em municípios capixabas, o modelo de testagem que será utilizado no sistema prisional busca identificar a presença de anticorpos da Covid-19 em internos, servidores penitenciários e profissionais da saúde que atuam nesses locais. A Sejus informou que os testes foram doados pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Segundo a gerente de Saúde do Sistema Prisional, Larissa Rodrigues Stiba, "os testes serão realizados de forma aleatória, a partir de um sorteio realizado por meio de um aplicativo específico".

Larissa Stiba afirmou que "o resultado dos testes irá direcionar o atendimento que será realizado para os casos positivos". Em caso de detecção de anticorpos em internos do sistema prisional, o indivíduo deve ser encaminhado às áreas de isolamento e receberá atendimento pelas equipes de saúde. Os servidores que também testarem positivo para os anticorpos serão orientados a procurar imediatamente o serviço de saúde mais próximo.

A iniciativa é do Governo do Estado, que empregará os testes rápidos com auxílio da Secretaria de Justiça (Sejus), Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN).

NÚMEROS DA PANDEMIA

Até a tarde desta quinta-feira (27), 707 internos do sistema prisional haviam testado positivo para o novo coronavírus. 340 são considerados ativos, por ainda apresentarem sintomas da doença e 365 são considerados curados. Dois óbitos foram registrados entre os internos.

No sistema socioeducativo nenhum óbito foi registrado, conforme o Painel Covid-19. Até a tarde desta sexta-feira (28), 78 já eram considerados curados e dois ainda estavam ativos.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Sejus UFES SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo Pandemia Inquérito Sorológico

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.