ASSINE

Covid-19: 2,5 mil moradores de rua serão vacinados no ES

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (26) pelo governador Renato Casagrande

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 26/05/2021 às 13h15
Como a vacina só pode ser armazenada por um período máximo de cinco dias, a prefeitura abriu para pessoas de 30 a 59 anos com comorbidades
Vacina contra a Covid-19. Crédito: Márcia Leal/PMCI

Até o final desta semana, cerca de 2,5 mil pessoas que estão em situação de rua vão ser imunizadas contra a Covid-19 no Espírito Santo. O público está incluído no grupo prioritário do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde. 

O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (26), durante o ato simbólico que marcou o início da vacinação dos rodoviários no Palácio Anchieta. “Ainda esta semana iniciaremos a vacinação da população de rua”, disse o governador Renato Casagrande.

Para imunizar a população de rua, vão ser utilizadas doses da reserva técnica que o Espírito Santo recebe. “Tomamos a decisão de fazermos um processo mais adiantado com a reserva técnica. Os funcionários da saúde tem sido cuidadosos e não temos tido perdas de doses. E quanto mais conseguirmos adiantar a vacinação, melhor para todos nós”, explicou o governador.

Ainda não há informações sobre como será a imunização dos que vivem nas ruas, em quais locais ela ocorrerá e se vai abranger moradores de todos os municípios.  Mais detalhes serão divulgados nos próximos dias. 

PORTUÁRIOS SERÃO OS PRÓXIMOS

A imunização dos aeroportuários - que atuam em aeroportos -, e dos portuários, no Espírito Santo deve começar a  partir da próxima semana. As duas categorias, explicou Casagrande, foram incluídas no Plano Nacional de Imunização (PNI).

Para eles o Ministério da Saúde já enviou as doses da vacina contra a Covid-19. São cerca de 18 mil para os portuários e 900 para os aeroportuários.

Também está sendo avaliada a antecipação da imunização dos assistentes sociais, discussão que ainda está sendo realizada com o governo estadual. A intenção também é, quando for concluída a imunização dos rodoviários, ampliar para outros segmentos, como motoristas de caminhão, de aplicativos, de táxi, de vans, dentre outros.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais
Governo do ES SESA Coronavírus no ES Covid-19 Vacina Campanha de vacinação Pandemia Vacinas contra a Covid-19

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.