ASSINE

Coronavírus: ocupação de leitos de UTI chega a 85,8% no ES

Os dados do Painel Covid-19 apontam que sete hospitais já não possuem sequer uma vaga para pacientes que precisam de UTI

Publicado em 06/07/2020 às 20h10
Atualizado em 06/07/2020 às 20h19
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra.
Novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com respirador no Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. . Crédito: Reprodução/TV

A taxa de ocupação de leitos de UTI em todo o Espírito Santo registrou uma leve queda e chegou a 85,8% na tarde desta segunda-feira (06), segundo dados do Painel Covid-19. No dia anterior, a taxa era de 86,5%.

Em números absolutos, significa que das 693 vagas disponíveis para pacientes com Covid-19 no Estado, 595 estão sendo utilizadas.

Sete hospitais do Estado não possuem sequer um leito de UTI disponível para estes pacientes:  dois em Linhares, dois em Vitória, um em Vila Velha, um em Aracruz e um na Serra. As regiões mais críticas são a Metropolitana, com 88,6% dos leitos ocupados, e a Norte, com 87,18%. 

Em  Linhares, por exemplo, os dois hospitais para atendimento de pacientes em estado grave estão com todos os leitos de UTI ocupados. Na manhã desta segunda-feira, lojas, comércios e até os supermercados permaneceram fechados na tentativa de aumentar o isolamento social na cidade.

Em Guaçui, sul do Estado, há somente uma vaga de UTI disponível, situação semelhante a de quatro hospitais da Grande Vitória, sendo dois em Vila Velha, um em Vitória e um na Serra. 

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.