Coronavírus no ES: número de mortes cai 7,4% na primeira quinzena de julho

Óbitos da pandemia diminuíram na comparação com o mesmo período do mês passado; já os casos confirmados continuam crescendo no Estado

Publicado em 17/07/2020 às 20h39
Atualizado em 17/07/2020 às 21h06
Ato homenageia capixabas mortos pelo novo coronavírus na praia de Camburi, em Vitória
Após crescentes consecutivas e recorde diário de mortes, ES apresentou queda de óbitos na primeira quinzena de julho. Crédito: Ricardo Medeiros

Depois de inúmeras crescentes, o segundo semestre do ano começou com queda no número de mortes causadas pelo novo coronavírus no Espírito Santo. Nos primeiros 15 dias de julho, foram registrados 449 óbitos – 36 a menos do que na primeira quinzena do mês passado, quando foram divulgados 485.

Em outras palavras, isso significa que as mortes registradas da pandemia entre os capixabas diminuíram aproximadamente 7,4% na comparação entre os dois períodos. Os dados levam em conta as informações divulgadas diariamente pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), por meio do Painel Covid-19.

Por outro lado, o número de novos casos segue aumentando no Estado. Na primeira quinzena de junho foram quase 14 mil diagnósticos positivos; enquanto, na primeira quinzena deste mês, foram 19.459. Ou seja, uma diferença superior a 5 mil casos, que equivale a um acréscimo de aproximadamente 39%.

Procurado por A Gazeta para esclarecer os diferentes comportamentos no período, o secretário de saúde Nésio Fernandes explicou que isso se deve a alguns fatores que foram apresentando melhoras conforme o avanço da pandemia e o consequente maior conhecimento sobre a Covid-19.

Nésio Fernandes

Secretário de Saúde do Espírito Santo

"Há uma melhoria da capacidade de testagem e de diagnóstico do Estado. Além de uma melhora de desempenho da atenção hospitalar, relacionada à própria aprendizagem sobre uma doença que ainda é muito nova"

Na entrevista, ele também voltou a reforçar que, embora as curvas de casos e mortes no Estado possam ter um comportamento similar a um platô, a Grande Vitória e o interior vivem fases diferentes da pandemia – sendo que a última região ainda apresenta uma etapa de crescimento da doença.

NÚMEROS GERAIS DA PANDEMIA NO ES

Nesta sexta-feira (17), o Espírito Santo superou a marca dos 69 mil casos confirmados do novo coronavírus. Ao todo, 69.463 pessoas já foram infectadas. Já os óbitos chegaram a 2.174 – um acréscimo de 38 mortes em apenas 24 horas. A taxa de letalidade do Estado, portanto, está em 3,13%.

Espírito Santo Governo do ES SESA Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 espírito santo nesio fernandes Pandemia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.