ASSINE

Coronavírus: Barra de São Francisco decreta estado de calamidade pública

A medida foi justificada pela pandemia do novo coronavírus, destacando avanço dos casos no município nos últimos dias

Publicado em 22/05/2020 às 20h19
Atualizado em 22/05/2020 às 20h19
Prefeitura de Barra de São Francisco, no Noroeste do ES
Prefeitura de Barra de São Francisco, no Noroeste do ES. Crédito: Gildo Loyola

O prefeito de Barra de São Francisco, Alencar Marim (Podemos), decretou estado de calamidade pública no município do Noroeste do Espírito Santo. A decisão foi publicada e entrou em vigor nesta quinta-feira (21). A medida foi justificada pela pandemia do novo coronavírus,  e pela queda nas receitas do município. 

"O decreto foi motivado pelas quedas nas receitas e, consequentemente, pela preocupação em ser possível o alcance das metas fiscais. Os efeitos práticos estão relacionados à atipicidade orçamentária em decorrência da pandemia", explicou o prefeito. 

De acordo com o Executivo, esse decreto terá efeitos até 31 de dezembro de 2020.

CORONAVÍRUS EM BARRA DE SÃO FRANCISCO 

De acordo com o último boletim epidemiológico, divulgado pela Prefeitura na noite desta sexta-feira (22), Barra de São Francisco contabiliza 70 casos confirmados do novo coronavírus. Desses, 21 pacientes são considerados curados da doença. Um óbito foi registrado.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.