ASSINE

Convento da Penha amplia funcionamento durante o verão; veja a programação

A iniciativa tem o objetivo de acolher mais fiéis, que muitas vezes viajam de outros Estados e até de outros países e desejam conhecer o santuário

Tempo de leitura: 5min
Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 11/01/2022 às 16h15

Convento da Penha, cartão postal do Espírito Santo, ampliará o horário de funcionamento e deverá realizar mais missas no Campinho (área externa) até o período de carnaval para atender à crescente demanda de visitantes e turistas. A iniciativa tem o objetivo de acolher mais fiéis, que muitas vezes viajam de outros Estados e até de outros países e desejam conhecer o santuário.

A medida passa a valer já a partir do próximo sábado (15). Assim, os turistas que estão de passagem pela Grande Vitória podem aproveitar as praias capixabas ou os outros pontos turísticos e subirem ao Convento no mesmo dia, por exemplo, para a celebração da Santa Eucaristia.

De acordo com o Guardião do Convento, Frei Djalmo, a ideia é permitir aos visitantes mais horários e melhor distribuí-los em mais tempo de funcionamento. "Na prática, havia um espaçamento muito grande entre uma missa e outra, agora nós vamos possibilitar mais horários, caso alguém perca uma cerimônia, pode subir até a capela para rezar e quando estiver descendo, pode participar de uma missa", comentou.

Este vídeo pode te interessar

Família do DF, com máscara, observa a bela paisagem de uma das janelas do Convento da Penha
Visitantes no Convento da Penha. Crédito: Carlos Alberto Silva | Arquivo

Frei Djalmo reiterou que só foi possível planejar os novos horários de funcionamento do Convento porque as condições sanitárias permitiram, uma vez que a quantidade de pessoas vacinadas é satisfatória. "Graças a Deus muitas pessoas aderiram à vacinação contra a Covid-19, e com isso a gente conseguiu pensar em uma programação de verão, ao menos até o carnaval, para acolher melhor as pessoas. A vacina é importante, pois nos dá essa segurança em avançarmos, devagar, com cautela, com cuidado, em novas atividades em novos horários", acrescentou.

Os frades não descartam a possibilidade de estender os novos horários mesmo com o fim do verão. Há expectativa de que, até a Festa da Penha — neste ano realizada entre 17 e 25 de abril, o Convento continue a oferecer mais celebrações eucarísticas e horários mais estendidos para visitação. "Temos uma reunião com a comissão organizadora da festividade católica no início de fevereiro, lá vamos analisar o cenário atual da pandemia no Espírito Santo e diante disso será possível planejar alguns passos importantes", disse.

Uma outra novidade anunciada pelo novo Guardião e Reitor do Convento da Penha, é a realização de algumas missas na capela no alto do Convento. "Por enquanto nós ainda vamos fazer aqui no Campinho as missas, mas nosso desejo é de que, aos poucos, na medida do possível, se a gente se cuidar, fazermos nossas celebrações lá dentro do Santuário. Enquanto isso ainda não for possível, vamos fazer as nossas celebrações das missas no Campinho", finalizou.

Como fica o funcionamento a partir do dia 15 de janeiro

Missas presenciais no Campinho:

  • Segunda a sexta - 7h, 9h, 10h30, 15h (também transmitida pelas redes sociais) e 17h
  • Sábados- 7h, 9h, 10h30, 15h (também transmitida pelas redes sociais), 17h e 19h
  • Domingos - 5h, 7h, 9h (também transmitida pelas redes sociais), 10h30, 15h e 17h

Confissões (sem necessidade de agendamento)

  • Diariamente - 8h30 às 11h e 14h às 16h

Portão de acesso ao Campinho

  • Segunda a sexta - 6h às 17h30
  • Sábado - 6h às 19h30
  • Domingo - 4h às 17h30

Visitas ao Santuário

  • Segunda a sábado: a Capela fica aberta ao público de 6h às 17h30, apenas para oração pessoal e visitação. 
  • Domingos: a Capela fica aberta ao público de 4h às 17h30, apenas para oração pessoal e visitação.

Secretaria e Sala dos Milagres

  • Diariamente: 8h às 16h

Lanchonete

  • Segunda a sábado: 8h às 16h
  • Domingos: 8h às 17h

Capela de São Francisco

  • Diariamente: 7h às 17h

Vans de transporte

  • Segunda a sexta: 6h às 18h30
  • Sábado: 6h às 20h30
  • Domingo: 4h30 às 18h30

Subida de automóveis

Acesso liberado aos primeiros quarenta (40) automóveis que chegarem para a Missa das 7h (de segunda a sábado) e Missa das 5h (aos domingos), após este horário ou atingindo o limite de vagas, a subida de automóveis ficará restrita àqueles que estiverem transportando bebês de colo, idosos com dificuldade de locomoção e portadores de necessidades especiais. As vans funcionam normalmente.

Durante as Missas não é permitida a subida de automóveis ainda que estejam nas condições permitidas acima.

É importante ressaltar o uso obrigatório de máscara, álcool (em gel ou 70%) e o distanciamento social.

Informações adicionais:

  • Insolação: O Campinho não conta com muitos espaços sombreados e, à medida que os relógios avançam, o sol se torna mais marcante. Diante disso, nas Missas realizadas no período em que há maior incidência de sol, para diminuir o efeito da insolação, sugerimos que os fiéis utilizem bonés, chapéus ou mesmo sombrinhas.
  • Devotos e visitantes: ao Convento se dirigem pessoas com diversas motivações. Merece destaque o sem número de pessoas que sobem a Montanha Sagrada para o encontro com o Senhor; ao mesmo tempo, nota-se crescente frequência dos que sobem com objetivos de recreação e turismo, especialmente a partir da metade da manhã. Aos que visitam o Convento para a prática de atividade física, ressaltamos: respeite sempre o fiel devoto e o espaço religioso.
  • Visitas seguras: mesmo se tratando de espaço aberto, há alerta ao povo quanto à obrigatoriedade do uso da máscara, além do distanciamento e uso de álcool em geral. Por isso, para tirar uma foto, por exemplo, os visitantes podem tirar a máscara, para a comunhão também. Já noutros momentos, o uso da máscara é indispensável.
  • Clima de oração: uma vez que a Capela está aberta apenas para visitação e oração pessoal, atenção ao clima de oração e recolhimento que o próprio local sugere. Ao visitar o interior da Capela de Nossa Senhora da Penha, mantenha o silêncio. Ah, e cuidado com os trajes! Não é permitido acessar o Santuário utilizando roupas de banho ou trajes inadequados para o ambiente.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.