ASSINE

Comerciantes prejudicados por incêndios em Vitória recebem ajuda da comunidade

Comerciantes dos bairros Andorinhas e Jaburu que tiveram os negócios destruídos por incêndios, na última semana, vêm recebendo apoio e ajuda de vizinhos para se recuperarem

Vitória
Publicado em 10/01/2021 às 16h20
Atualizado em 11/01/2021 às 07h44
Loja de cadeiras ficou completamente destruída após incêndio em Andorinhas, Vitória
Loja de cadeiras do Rodrigo Marques ficou destruída após incêndio no bairro Andorinhas, em Vitória. Crédito: Divulgação

Dois incêndios destruíram o negócio de dois comerciantes de bairros de Vitória nesta semana. No Jaburu, Fernando Loyola, dono de um franguinho em que trabalha com a família, perdeu equipamentos e teve o imóvel danificado. Já o dono de uma loja de estofados Rodrigo Marques perdeu tudo depois que o fogo destruiu os equipamentos e materiais no bairro Andorinhas. Apesar das perdas e prejuízos, outra coisa em comum vem ajudando os dois empresários a se recuperarem: a união e solidariedade da comunidade em busca da retomada dos negócios dos moradores locais.

O Território do Bem, um movimento social que contempla um conjunto de bairros de periferia na Capital, dentre eles o Jaburu, está se mobilizando para ajudar o Franguinho do Loyola, negócio do Fernando. Com publicações em redes sociais, o Mapa do Bem — página voltada para divulgação de negócios na região — está conseguindo dar visibilidade a uma campanha de doações para recuperação do comércio de Fernando e sua família.

Ele conta que uma fritadeira acabou ficando ligada por acidente. O óleo esquentou demais e causou um incêndio no estabelecimento. Os prejuízos foram grandes para o comerciante.

“Perdi a fritadeira e vários outros materiais. Por sorte consegui recuperar dois freezers. Agora é ver o que podemos recuperar além disso, mas teremos que fazer uma reforma. A ajuda das pessoas é algo que nos faz seguir em frente. A solidariedade dos amigos é muito legal”, disse Fernando.

Cozinha do estabelecimento de Fernando Loyola ficou destruída após incêndio no bairro Jaburu, em Vitória
Cozinha do estabelecimento. Crédito: Arquivo pessoal

Além da divulgação para doações e contribuições, um empreendedor da região resolveu ajudar de uma forma diferente. O Jhones Teixeira, dono de uma loja de açaí no bairro, está fazendo uma promoção neste domingo (10). Quem comprar na “Loucos por Açaí” também estará ajudando o Fernando, já que 50% das vendas serão doadas para ele.

“A ideia partiu da solidariedade, de ajudar o próximo. Ver ele tendo esse prejuízo e perdendo as coisas, nessa pandemia ainda está mais complicado. Fazemos para ajudar”, disse Jhones.

Para contribuir e ajudar o Fernando, as doações estão sendo aceitas pelo Picpay, no perfil @fernando.loyola3 e pelo PIX, na chave 09372543713 (CPF).

A mesma mobilização está sendo feita para ajudar o Cadeiras Online, empresa do Rodrigo Marques, no bairro Andorinhas. O fogo tomou todo o espaço onde ele produzia e reformava cadeiras, destruindo ferramentas e materiais. Entre os equipamentos perdidos estão máquinas de costura, serras, tesouras, parafusadeiras, entre outros itens. A empresa de Rodrigo, com mais de 20 anos, é a fonte de sustento de quatro famílias.

Logo após o incêndio, amigos próximos começaram a se mobilizar, primeiro fazendo um mutirão para retirar os objetos do local e divulgando meios para que as pessoas também pudessem fazer contribuições para ajudar Rodrigo na recuperação do negócio.

Amigos fizeram mutirão para retirar objetos destruídos após incêndio em loja de cadeiras do Rodrigo, em Andorinhas
Amigos fizeram mutirão para retirar objetos destruúido. Crédito: Divulgação

“A comunidade abraçou a causa, tiveram muita solidariedade com a situação. Minha empresa tem mais de 20 anos, e estão me ajudando desde o início. É difícil, porque é uma coisa que não se consegue de uma hora para a outra. Mas estão ajudando demais a me recuperar. Isso está sendo muito importante!”, disse.

Para contribuir e ajudar o Rodrigo, as doações podem ser feitas pelo Picpay, pelo perfis @cadeiras.online e @rodrigo.cadeiras; por PIX na chave 07339106720 (CPF); e depósito ou transferência em conta no Banco do Brasil. Os dados para a operação são no nome de Rodrigo Marques da Silva, agência 1609-8, conta corrente 46457-0, CPF 073.397.067-20.

MOBILIZAÇÃO

A coordenadora do projeto Ateliê de Ideias, que faz parte do Território do Bem, Denise Biscotto, fala que a iniciativa foi das próprias comunidades, tendo os meios do Território também se mobilizado para ajudar ainda mais na divulgação.

“A ajuda partiu das próprias comunidades. A mobilização para ajudar na limpeza e recuperação dos locais, as ações de ajuda e doações recebidas, é a união e solidariedade das pessoas com os moradores da região”, destacou.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.