ASSINE

Caso Milena Gottardi: Justiça bloqueia bens de Hilário Frasson

Entre os ativos sequestrados estão o apartamento adquirido pelo casal na Praia do Canto, em Vitória, e até a herança que a médica recebeu após a morte do pai

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 30/08/2021 às 10h52
Caso Milena Gotardi
O policial civil Hilário Frasson, acusado de ser o mandante do assassinato da ex-esposa, a médica Milena Gottardi . Crédito: Fernando Madeira/Arte Geraldo Neto

Por decisão da Justiça estadual, os bens de Hilário Frasson, ex-marido da médica Milena Gottardi, foram bloqueados. Mesmo sendo acusado de ter sido o mandante do assassinato da médica, o ex-policial civil ficou com a metade do patrimônio da ex-companheira. Os bens incluem o apartamento adquirido pelo casal na Praia do Canto, em Vitória, e até a herança que Milena recebeu após a morte do pai.

A decisão de arresto/inalienabilidade do patrimônio é do juiz da Primeira Vara Criminal de Vitória, Marcos Pereira Sanches, deste domingo (29). Atendeu a um recurso apresentado pelo advogado Renan Sales, que atua como assistente de acusação no julgamento dos seis acusados pelo crime, representando a família da vítima.

“Visando garantir uma futura reparação de danos morais e materiais em favor da família, em razão do covarde crime praticado por Hilário, foi pedido o bloqueio de seus bens, além do bloqueio que a justiça já definiu para o patrimônio do réu Esperidião”, explicou Renan.

O assistente de acusação acrescentou ainda: “É um absurdo um homem matar a esposa e em razão do regime de comunhão de bens ter direito a sua herança”, destaca.

O QUE FOI BLOQUEADO

  • 50% (cinquenta por cento) do apartamento localizado na Praia do Canto
  • 25% (vinte e cinco por cento) do terreno rural de 369.230,00m², denominado sítio “Três Irmãos”, situado em “Duas Bocas”, distrito de Pendanga, Ibiraçu
  • 25% (vinte e cinco por cento) do terreno rural de 142.832,76m², desmembrado de uma área maior que média 166.666,2m², situado em Itapirá, Ibiraçu
  • 25% (vinte e cinco por cento) do terreno urbano, medindo 11,50 de frente por 20,00 metros de fundos, em Fundão

Em sua decisão, o juiz explica sobre a situação de Hilário, presentes no processo do caso Milena

"Existem, ainda, indícios suficientes de envolvimento no crime do acusado Hilário, tendo sido, inclusive, pronunciado. Tem-se a plausibilidade. Por outro lado, o autor informa a possibilidade de dilapidação do patrimônio, na medida em que foi requerido nos autos do inventário da vítima Milena Gottardi Tonini Frasson a reserva de 30% (trinta por cento) dos bens que forem destinados à meação do réu para o pagamento de honorários advocatícios"

A defesa de Hilário Frasson foi procurada pela reportagem de A Gazeta na manhã desta segunda-feira (30), mas não quis comentar por enquanto. 

Milena Gottardi: do crime ao julgamento dos réus

ENTENDA POR QUE HILÁRIO FICOU COM PATRIMÔNIO DE MILENA

Mesmo sendo acusado de ter sido o mandante do assassinato da ex-mulher e médica Milena Gottardi, o ex-policial civil Hilário Frasson terá direito a metade do patrimônio da ex-companheira. Os bens incluem o apartamento adquirido pelo casal na Praia do Canto, em Vitória, e até mesmo a herança que Milena recebeu após a morte do pai.

Como os dois se casaram em comunhão universal de bens, em que o casal divide todo o patrimônio adquirido antes e após o casamento, Hilário é considerado juridicamente “meeiro” de Milena, ou seja, é dono de 50% de tudo que ela tinha, assim como ela poderia ser dona de 50% do que o ex-policial pudesse ter.

Com a morte da médica, o patrimônio dela deverá ser dividido em 50% para Hilário e 50% para as duas filhas do casal, que hoje tem 5 e 13 anos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.