ASSINE

Aulas presenciais no ES não devem ser retomadas em agosto, diz Sesa

Aulas presenciais estão suspensas desde o início da pandemia do coronavírus e não há previsão de retorno

Publicado em 24/07/2020 às 16h02
Atualizado em 24/07/2020 às 16h05
Estudantes podem concorrer as bolsas de estudos nas áreas de formação em licenciatura e de professores da educação básica
As aulas presenciais estão suspensas no ES há mais de 100 dias por causa da Covid-19. Crédito: Marcello Casal Jr | Agência Brasil

Suspensas pelo governo do Estado até o dia 31 deste mês por causa da pandemia do coronavírus, as aulas presenciais não devem ser retomadas em agosto. O tema foi comentado pelo secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, e pelo  subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin nesta sexta-feira (24).

suspensão das aulas da rede pública estadual começou no dia 17 de março. Já as escolas particulares paralisaram suas atividades no dia 23 do mesmo mês. Desde o dia 14 de abril, a Secretaria de Estado da Educação (Sedu) transmite conteúdos educativos pela TV aberta no Espírito Santo, através do Programa Escolar. A rede escolar estadual conta com cerca de 210 mil alunos matriculados.

Para Reblin, antes da retomada das atividades escolares, é preciso observar uma redução da taxa de transmissão de coronavírus, uma queda acentuda do registro de novos casos e óbitos provocados pela Covid-19, além da necessidade de preparação de uma estrutura segura nos ambientes que vão receber os alunos.

Luiz Carlos Reblin

Subsecretário estadual de Vigilância em Saúde

"Para agosto, é muito improvável o retorno às aulas. E daí, no mês de agosto, com o conhecimento que teremos inquérito sorológico, vamos planejar em conjunto a definição das datas e sobre qual será o modelo de retorno. Talvez, primeiro aqueles alunos de mais idade e adultos, das universidades"

Nésio orienta que neste momento de enfrentamento à pandemia, as instituições de ensino incorporem tecnologias de ensino à distância e preparem planos pedagógicos para atividades remotas ou semi-presenciais.

Nésio Fernandes

Secretário estadual de Saúde

"A decisão que será tomada a respeito do retorno das aulas será pactuada, construída e dialogada. A Sesa, principalmente por meio da sua subsecretaria de Vigilância em Saúde, tem participado de cotidianos e importantes debates com o setor da educação sobre o assunto"

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.