ASSINE

Alunos da rede pública do ES terão aulas pela TV e por aplicativo

Medidas vão afetar 240 mil estudantes do Estado. Veja como sintonizar canais, horários e divisão por séries

Publicado em 14/04/2020 às 20h25
Atualizado em 15/04/2020 às 14h05
Sedu, professor
Alunos da rede estadual em sala de aula: videoaulas durarão enquanto escolar estiverem fechadas. Crédito: Sedu | Divulgação

governo do Espírito Santo lançou nesta terça-feira (14) um programa para realização de atividades pedagógicas não presenciais para os 240 mil alunos da rede estadual de ensino. Através do "EscoLar", os estudantes terão  aulas através de canais de TV aberta, com conteúdos para todas as séries e níveis, e acompanhamento dos professores através de um aplicativo.

Em coletiva de imprensa, o governador do Estado, Renato Casagrande e o secretário de Estado de Educação, Vitor de Angelo, explicaram que as aulas televisionadas começarão nesta quarta-feira (15) e não seguirão o currículo normal do ano, tendo foco na realização de atividades para os alunos não ficarem totalmente afastados dos conteúdos de aprendizagem durante o fechamento das escolas por causa da pandemia do coronavírus. As aulas estão suspensas pelo menos até o dia 30 de abril.

As videoaulas foram disponibilizadas gratuitamente pela Secretaria de Educação do Estado do Amazonas, onde já é realizada a transmissão por TV aberta desses conteúdos em função da distância entre cidades. A transmissão será pelos canais 8.2, 8.3 e 8.4 da TV aberta, a partir das 8h desta quarta.

APLICATIVO

Já o aplicativo "EscoLar", foi desenvolvido pela Prodest (instituto de tecnologia do Estado) e contará com o serviço do "Google Sala de Aula", permitindo a orientação e acompanhamento de professores, que poderão passar atividades relacionadas ao conteúdo ministrado nas videoaulas e tirar dúvidas. 

Renato Casagrande

Governador do Estado

"É para que os alunos não percam o contato com a educação. Estudante vai ter acesso ao conteúdo do currículo que o professor orientar, de atividades não presenciais. São atividades para envolver escolas e alunos"

Na TV, o secretário explicou que haverá conteúdo simultâneo para todas as séries. Ele disse que a medida é para evitar prejuízos maiores ao ano letivo. "O que estamos lançando aqui é para tentar diminuir esse prejuízo por agora. Quando voltarmos, soluções serão outras", disse Vitor. 

VEJA COMO VAI FUNCIONAR

AULAS PELA TV

  • Onde assistir: Durante o período de suspensão das aulas presenciais, o conteúdo educacional será transmitido em três canais de TV aberta: 8.2, 8.3 e 8,4.
  • Quem deve assistir: Alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental e da 1ª a 3ª série do Ensino Médio.
  • Como sintonizar os canais: É necessário atualizar os canais abertos do seu aparelho de televisão. Os televisores, independes de marca, têm processos parecidos na busca de novos canais. Basta acessar o menu pelo controle remoto e procurar a opção que mais se assemelha à “busca de canais”. Conforme o aparelho, esta opção pode se chamar ‘busca/sintonia automática’, ‘programação de canais’ ou ‘sintonização de canais’.
  • Exibição e cronograma: Clique aqui e veja o cronograma de aulas com horários de exibição.
  • Reprises: As aulas serão reprisadas no dia seguinte a exibição. As atividades de segunda serão repetidas na terça, nos mesmos horários. As de quarta na quinta e as de sexta no sábado. Os conteúdos também ficarão disponíveis no site www.sedu.es.gov.br/escolar.
  • Transmissão por canal: Cada um dos três canais terá a atividade voltada para uma série em um dos turnos, conforme a tabela de horários abaixo:
Cronograma de horários e aulas pela TV do programa
Cronograma de horários e aulas pela TV do programa "EscoLar". Crédito: Sedu

APLICATIVO "ESCOLAR"

  • Como baixar: Inicialmente o app "EscoLar" está disponível para aparelhos com sistema Android, na loja Google Play. Está em desenvolvimento ainda uma versão para IOS.
  • Como vai funcionar: Pelo aplicativo, professores poderão indicar atividades, tirar dúvidas e acompanhar a aprendizagem dos alunos através da ferramenta Google Sala de Aula.

Cartilha Programa EscoLar: como vai funcionar, dúvidas e orientações

ALUNOS DA REDE DE EDUCAÇÃO DE MUNICÍPIOS

  • Aplicativo: O app "EscoLar" será apenas para alunos da rede pública estadual, bem como a ferramenta Google Sala de Aula, que é uma parceria do Estado com o Google.
  • Videoaulas: Como as aulas na TV serão abertas, os municípios poderão usá-las também em suas redes de ensino, mas não há determinação para isso.

Coronavírus: Precisou ir à rua? Veja o que fazer ao voltar para casa

Ilustração de Amarildo - toalha
TOALHAS DE ROSTO E PANO DE PRATO - Quando há mais de um morador de casa, especialistas recomendam que cada um use sua própria toalha de rosto, assim como deveria acontecer com a tolha de banho. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - alimentos
ALIMENTOS - Alimentos comprados nas feiras ou nos supermercados também devem ser higienizados. Por terem sido manipulados diversas vezes até chegarem à mão e à mesa do consumidor, a dica do doutor em ciência dos alimentos, Rodrigo Scherer, é que frutas e verduras sejam limpas com água e sabão e ainda submetidas a uma imersão composta por água potável e água sanitária. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - alcool gel
MAÇANETAS E PUXADORES DE ARMÁRIOS  - Ao chegar casa, tire os sapatos, adereços, celulares, chaves e mochila. Se possível, tire as roupas e coloque em uma sacola plástica ou cesta de roupas (com demais roupas usadas para sair). O segundo passo é higienizar as mãos. Depois, limpar as maçanetas externas e externas com álcool 70º ou desinfetante. Se você teve de tocar em algum puxador, esse item também precisa ser limpo. Amarildo
Ilustração de Amarildo - chave - anel
ADEREÇOS E CHAVES - Adereços como joias e chaves podem ser limpos com desinfetante ou com álcool 70%. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - sapato
SAPATOS E PISOS - A limpeza dos sapatos e dos pisos - porcelanato, cerâmica, madeira - deve ser feita de acordo com o que recomenda o fabricante do produto. O infectologista Wladimir Queiroz destaca que álcool, água e sabão ou desinfetante são eficientes na limpeza e eliminação do vírus da superfície que pode estar contaminada. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - camisa
ROUPAS - Os especialistas recomendam que a roupa usada na rua seja imediatamente trocada por outra limpa, quando for permanecer em casa. Ao retornar da rua, as peças devem ser encaminhadas para a área destinada. . Amarildo
Ilustração de Amarildo - maçaneta
MAÇANETAS E PUXADORES DE ARMÁRIOS  - Ao chegar casa, tire os sapatos, adereços, celulares, chaves e mochila. Se possível, tire as roupas e coloque em uma sacola plástica ou cesta de roupas (com demais roupas usadas para sair). O segundo passo é higienizar as mãos. Depois, limpar as maçanetas externas e externas com álcool 70º ou desinfetante. Se você teve de tocar em algum puxador, esse item também precisa ser limpo. Amarildo
Ilustração de Amarildo - bolsa - mohila
BOLSAS E MOCHILAS - Esses recipientes podem ser higienizados com álcool 70% líquido ou em gel. Com papel toalha ou um pano, aplique o produto em uma pequena superfície para verificar se o objeto não será danificado. Se não, aplique a quantidade deseja. Amarildo
Ilustração de Amarildo - celular
CELULAR - Celular e tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região esbranquiçada. . Amarildo
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.
CELULAR - Celular e
tablet podem ser limpas com álcool isopropilico. Aplique uma pequena quantidade
na toalha descartável ou pano e limpe a tela. Nas partes de plástico, a
recomendação é usar um pano com desinfetante. O álcool pode deixar essa região
esbranquiçada.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.