ASSINE

Fátima Bernardes se emociona ao falar sobre mortes por coronavírus

Um mês após seu afastamento para tratar um câncer de útero, Fátima Bernardes, 57, se emocionou ao voltar nesta segunda-feira (4) a comandar o programa "Encontro", na Globo, e chorou ao falar sobre o aumento de mortes pelo coronavírus no país

Publicado em 04/01/2021 às 17h57
Atualizado em 04/01/2021 às 17h57
Fátima Bernardes se emociona ao falar sobre mortes por Covid no retorno ao
Fátima Bernardes se emociona ao falar sobre mortes por Covid no retorno ao "Encontro". Crédito: Reprodução/Globoplay

Um mês após seu afastamento para tratar um câncer de útero, Fátima Bernardes, 57, se emocionou ao voltar nesta segunda (4) a comandar o programa "Encontro", na Globo. A apresentadora chorou ao dizer que ficou muito angustiada com as notícias de aumento de mortes devido à pandemia do novo coronavírus no país.

Fátima Bernardes lamentou a morte de uma funcionária, que trabalhava com ela há 30 anos, e foi vítima da Covid-19. "E olha que ela tinha plano de saúde, tinha tudo, não andava de transporte público...Não sabemos como ela se contaminou. Ela sempre chegava em casa muito cedo, e eu dizia que não precisava, mas ela fazia questão de fazer um café para mim [...] Hoje fez muita falta esse café", afirmou.

A apresentadora destacou que não queria falar sobre o assunto, porque sabia que iria se emocionar. "Quantas pessoas estão sofrendo sem necessidade [...] Muitas pessoas não vão ter a chance de recomeçar, não vão ter as chances que eu estou tendo. Eu penso que nem tenho direito a derramar lágrimas", completou. Ela afirmou também que sabe ser muito privilegiada por poder ser operada para retirada do câncer quatro dias após receber o diagnóstico.

Fátima Bernardes

Apresentadora do "Encontro"

"A gente falou tanto em empatia aqui, mas acho que não resolveu [...] Como comunicador, a gente não conseguiu levar essa mensagem"

Apesar da emoção, a apresentadora afirmou que não tem "vocação para a tristeza", e que voltava ao trabalho com a energia renovada e uma expectativa boa. Ainda em recuperação da cirurgia, ela contou que não pode fazer atividades físicas, dirigir ou ir à praia e à piscina. Também afirmou que não houve indicação médica para que faça quimioterapia ou radioterapia.

Rede Globo Coronavírus Covid-19 fátima bernardes

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.