ASSINE

Orquestra Jovem de Violões faz concerto em homenagem ao Dia do Músico

Apresentação no Teatro da Ufes, nesta terça-feira (26), encerra ciclo de homenagens de projeto que incentiva o ensino de música em escolas públicas e já mudou a vida de jovens

Publicado em 26/11/2019 às 09h34
Alunos do projeto
Alunos do projeto "Música na Rede" que integram a Orquestra Jovem de Violões. Crédito: Música na Rede/Divulgação

Um dos braços do projeto “Música na Rede”, a Orquestra Jovem de Violões se apresenta nesta terça (26), no Teatro da Ufes, a partir das 19h30. Com regência do maestro Matheus Chagas, o concerto serve para encerrar a programação que comemora o mês do músico.

Na apresentação desta terça-feira, o repertório será composto de clássicos do cancioneiro popular, que vão de Luiz Gonzaga ao inesquecível Mauricio de Oliveira.

Atualmente, 113 escolas públicas de todas as regiões do Espírito Santo (e mais de três mil alunos) participam do “Música na Rede”, com aulas de violino, viola de orquestra, violoncelo, contrabaixo acústico, sax, trompete, trombone, tuba, flauta transversa, violão, clarinete e percussão. O objetivo é ofertar o acesso à educação musical por meio do ensino coletivo.

Cerca de 1,7 mil adolescentes (distribuídos em 51  instituições) contam com aulas de violão.  A Orquestra Jovem de Violões - criada em 2018 - se consiste em um "grupo de excelência" formado por estudantes que se destacam no projeto.

Concebido com uma parceria entre a Secretaria de Estado da Educação, a Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames) e a Fundação de Amparo e Apoio à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), o projeto contribui para o desenvolvimento social dos alunos, possibilitando a formação, difusão e valorização da música.

HERANÇA

Lucas Rodrigues, ex-aluno do
Lucas Rodrigues, ex-aluno do "Música na Rede" que hoje trabalha como instrutor do projeto. Crédito: Reprodução/Instagram

O “Música na Rede” mudou a vida de muitos jovens das escolas públicas do Estado. Para um deles, no caso Lucas Rodrigues, de 21 anos, a paixão pela arte virou profissão.

“Comecei como aluno do curso de violão em 2014. Na época, tinha 15 anos e estudava na Escola João Batista, de Cariacica. Foi paixão à primeira vista, pois me encantei pelo pelo instrumento. Hoje, faço faculdade de música na FAMES, já estou no quarto período e quero seguir fazendo arte. Esse amor transformou a minha vida, sem dúvidas”, acredita.

Lucas, inclusive, atua como instrutor das turmas de violão na escola Professor Fernando Duarte Rabelo, em Vitória. “Fiz questão de voltar ao ‘Música na Rede’ para passar um pouco do que aprendi. Além disso, estou participando de espetáculos do Quarteto Mochuara, em que apresentamos algumas músicas de um dos meus artistas preferidos, Maurício de Oliveira”, complementa.

Para participar, o aluno deve estar matriculado em uma das escolas da rede estadual de ensino participantes da ação Música na Rede e verificar junto à secretaria quais as regras de inscrição e aulas ofertadas. As aulas de música são comumente realizadas no contraturno escolar, funcionando como uma atividade extracurricular.

Os alunos participantes dos projetos têm ainda a oportunidade de realizar provas para ingressar nos grupos de excelência: Banda Sinfônica Jovem Música na Rede, Orquestra Jovem de Violões Música na Rede e Orquestra Sinfônica Jovem Música na Rede, onde recebem bolsa e participam de ensaios semanais, com repertório próprio.

O CANCIONEIRO POPULAR CANTADO PELO SEU MAIOR INTÉRPRETE: O VIOLÃO!

  • O QUE É: Apresentação da Orquestra Jovem de Violões, integrante do projeto "Música na Rede"
  • QUANDO: Terça (26), às 19h20, no Teatro da Ufes. Avenida Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras, Vitória
  • INGRESSO: Entrada franca

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.