ASSINE

Chitãozinho e Xororó completam 50 anos de carreira com podcast

"Quando a gente botou a voz em 'Evidências', a gente sabia que tinha chance de fazer sucesso", lembram eles, em entrevista em áudio

Publicado em 10/12/2020 às 08h15
A dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó
A dupla sertaneja Chitãozinho e Xororó. Crédito: Dani Valverde Fotografia

A dupla Chitãozinho e Xororó completa 50 anos de carreira e tem muita história para contar. Por isso, eles são os mais novos convidados do podcast "Essenciais", da Deezer, que traz nomes importantes da música brasileira para compartilharem suas histórias e revisitarem os processos criativos de seus discos.

A entrevista feita pelo aplicativo de vídeo Zoom, ambos comentam sobre como era no passado quando nem mesmo rádio eles tinham para poder ouvir.

"A gente achava que o nome da dupla era um nome muito caipira, pois éramos duas crianças morando na periferia de São Paulo. A gente queria cantar uma música sertaneja com dicção melhor, português correto e não só para pessoas de idade", dizem.

Na atração, relembram que em 1975 estavam muito endividados. Fizeram uma temporada no Paraná e voltaram sem dinheiro. A solução foi vender o carro e não viajar mais, dar um tempo na carreira. "Acabamos indo na gravadora, e a carreira deu sequência após gravar 'Tente Outra Vez', com Raul Seixas", lembram.

No ano de 1979, a dupla lançou o álbum "60 dias apaixonado", também conhecido como um divisor de águas. O sucesso da dupla na época já era comparado ao de Milionário e José Rico, que eram os maiores destaques do momento. A música "Fio de cabelo" também surpreendeu todo mundo: em menos de um ano tiveram um milhão de cópias vendidas.

Posteriormente, a dupla lançou "Evidências", a principal música de suas carreiras. "A gente se sente privilegiado. Essa música veio de uma forma tão bonita. A gente estava preparando repertório e nos mandaram essa faixa. Quando a gente ouviu, a gente pensou: essa é a música", dizem.

"Quando a gente botou a voz em 'Evidências', a gente sabia que tinha chance de fazer sucesso. Mas óbvio que superou todas as expectativas e ela não parou de fazer sucesso. Hoje ela é com certeza mais forte do que na época que a gente lançou", revelam.

O podcast "Essenciais" já está no ar e pode ser ouvido na íntegra pelo aplicativo Deezer.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Música celebridades Famosos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.