ASSINE

Biblioteca Municipal realiza contação de histórias no Youtube

A adaptação do projeto "Viagem pela Literatura" é realizado semanalmente, com direito a atividades após a hisória ser contada

Publicado em 12/05/2020 às 16h00
Atualizado em 12/05/2020 às 16h00
Contação de histórias na adaptação do projeto Viagem pela Literatura
Marta Samor, participante do Grupo Chão de Letras, contando a história “Joãozinho, o marinheiro” . Crédito: Prefeitura de Vitória

O premiado projeto Viagem pela Literatura, que existe desde 1994, passa agora por uma adaptação para o momento de pandemia. As contações de histórias antes desenvolvidas na Biblioteca Municipal Adelpho Poli Monjardim, agora serão disponibilizadas no canal do Youtube da Prefeitura de Vitória.

A iniciativa tem com objetivo incentivar a leitura, a imaginação e a criatividade. A cada terça-feira serão três contadores tendo seus vídeos colocados no ar, fazendo com que os pais possam ouvir e interagir de forma lúdica com as crianças.

Na terça-feira (12), foi lançada a primeira edição do projeto, agora remodelado para a quarentena. As contadoras da vez foram Alzira Bossois, Marta Samor e Luciana Guimarães Merçon, participantes do grupo Chão de Letras, formado a partir de oficinas e cursos de contação de histórias na Biblioteca Municipal.

Bossois trouxe o mito de origem africana, Kibungo, que chegou ao Brasil através dos Bantus e passou a fazer parte do folclore Baiano. Já Marta Samor contou “Joãozinho, o marinheiro”, de sua autoria. Merçon ficou por conta de narrar “Severino faz chover” , obra da escritora Ana Maria Machado, o texto fala sobre uma terra árida, que é mudada pela arte, magia e brincadeiras. 

Os responsáveis estão também sendo encorajados a desenvolverem uma atividade pós-contação de histórias com as crianças. A ideia é que os pequenos façam desenhos ou histórias a partir dos personagens que mais gostaram. Os trabalhos produzidos estarão sendo recebidos no e-mail: [email protected]

De acordo com a coordenadora da Biblioteca, Elizete Caser, essa é uma forma de manter o contato com os leitores e continuar o trabalho do "Viagem Pela Literatura". "Neste momento em que as pessoas devem ficar em casa, pensamos em atividades que possam ser feitas entre os responsáveis e as crianças. Ouvir histórias nos leva a viajar pelo mundo. É uma forma de extrapolar as barreiras físicas e conhecer novos lugares", explica a coordenadora.

O Secretário Municipal de Cultura, Francisco Grijó, fala com orgulho do projeto e elogia a renovação no formato, exigida pela pandemia. "O Viagem pela Literatura é provavelmente a política pública mais eficiente da Secretaria Municipal de Cultura. É um orgulho muito grande para mim, que sou escritor, fazer parte deste grupo que fomenta a cultura e a leitura" declarou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Coronavírus Coronavírus no ES Covid-19 Fique bem crianca cultura Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.