ASSINE

As 100 músicas capixabas mais tocadas em 2019

Programa Sorvetinho, da rádio Universitária, fez o levantamento baseado em plays no Spotify e YouTube. Silva, César MC e Dudu estão entre os nomes

Publicado em 27/12/2019 às 17h41
Atualizado em 27/12/2019 às 20h08
Cesar MC, Budah e Silva. Crédito: Montagem
Cesar MC, Budah e Silva. Crédito: Montagem

2019 foi um ano surpreendente para a música capixaba. Para quem tinha na memória apenas nomes como Casaca, Macucos, Amaro Lima e companhia, se depara com um bom número de novos talentos que tomam conta dos streamings e YouTube. Já ouviu falar em César MC, Dudu, VK Mac e Budah?

Esses são alguns nomes que aparecem nas primeiras colocações das 100 músicas mais tocadas em 2019. O levantamento foi feito pelo programa Sorvetinho FM, da Rádio Universitária, que produz semanalmente um top 10 das músicas capixabas mais ouvidas na semana anterior.

"A lista foi feita em cima do mapeamento que realizamos durante o ano acompanhando as produções e movimentações dos artistas daqui, principalmente lançamentos de músicas feitas entre 1 de novembro de 2018 e 21 de dezembro de 2019, com pouquíssimas exceções", detalha Daniel Morelo, um dos produtores do programa e diretor da MM Projetos Culturais, que realiza eventos de fomento à música capixaba.

"O cálculo foi feito baseado no consumo da música no YouTube e no Spotify em contraposição ao número de semanas no ar, sem ampliarmos muito o raio de prospecção para criamos um campo popular o bastante para encontrarmos todos os envolvidos em um site ou aplicativo comum de consumo. Ou seja, o consumo real dessas músicas extrapola em muito o nosso ranking, mas, pelo recorte de consumo nesses dois grandes portais, dá para perceber bem quem é quem hoje no mercado de consumo de música do nosso estado", completa.

Para ele, o destaque foi para César MC, que só perdeu o primeiro lugar para Silva. Só no YouTube, "Canção Infantil", de César MC, conta com mais de 18 milhões de views. Já "Fica Tudo Bem", de Anitta e Silva, tem mais de 38 milhões de views na mesma plataforma.

"Pode até soar clichê para quem é do rap, mas o César MC, que venceu Drizzy, de Minas Gerais, na final nacional do Duelo de MCs em 2017, em 2019 colocou seu nome no mercado nacional com grande maestria, músicas bem pensadas e diferenciadas em suas mensagens", conta ele.

"Como fomos acompanhando durante o ano, só para se ter uma ideia de comparação. Emicida lançou AmarElo com a Pabllo Vittar e Majur numa 4ª feira e o Cesar lançou Canção Infantil com participação de Cristal na 6ª feira da mesma semana. No domingo o AmarElo tava alcançando seu 1º milhão de plays no youtube e a Canção Infantil estava chegando nos 3 milhões de plays", detalha Morelo sobre a importância do rapper.

Para Daniel, a lista, mais do que apresentar o cenário musical capixaba, foi feita para incentivar o consumo do que é produzido por aqui. "O capixaba deveria ter muito orgulho de nossa cena musical e se esforçar um pouquinho para conhecer nossa diversidade. Temos o Silva que é um dos artistas mais inteligentes do mercado nacional, se despontando com várias parcerias e shows diferenciados. Temos duas das maiores bandas de rock do país, o Dead Fish e o Supercombo, que são de gerações diferentes e hoje são headliners em vários festivais nacionais... É fazer as pessoas se interessarem em conhecer os novos sons dos nossos artistas e as casas se interessarem em movimentar nossa cena. A questão do nosso mercado nunca foi a produtividade e sim a difusão".

CONFIRA AS 100 MÚSICAS MAIS TOCADAS EM 2019

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.