Marinho diz em live com Bolsonaro que reforma tributária é a mais importante

Ministro do Desenvolvimento Regional também citou a necessidade de alteração de "marcos regulatórios" que poderiam facilitar investimentos em setores da infraestrutura, como ferrovias e gás

Publicado em 02/07/2020 às 21h18
Atualizado em 02/07/2020 às 21h18

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirmou nesta quinta-feira (2) que a reforma tributária é a mais importante a ser retomada, dentre várias iniciativas econômicas pretendidas pelo governo Jair Bolsonaro. A afirmação do ministro foi feita ao lado do presidente, em live transmitida nas redes sociais.

Rogério Marinho
Rogério Marinho falou em live semanal do presidente. Crédito: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

"Eu acredito que é o mais importante neste momento, e que haja essa sinergia com o parlamento, seria a mudança ou a simplificação da nossa legislação tributária. Não sei se é possível este ano, mas com certeza pode-se iniciar agora e ser concluído no primeiro semestre do ano subsequente", disse Marinho. Além da reforma tributária, Marinho citou a necessidade de alteração de "marcos regulatórios" que poderiam facilitar investimentos em setores da infraestrutura, como ferrovias e gás.

A fala do ministro endossada pelo presidente Jair Bolsonaro, que disse ver no sistema tributário do País um dos maiores entraves a empreendedores. "Esse é o grande problema do Brasil; carga tributária, burocracia, você desiste de investir. Depois que quebra é uma dificuldade enorme para ficar livre das pendências. Isso (reforma tributária) devemos fazer para facilitar a vida de quem quer empreender no Brasil", defendeu Bolsonaro.

Economia Reforma Tributária Ministério do Desenvolvimento Regional

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.