ASSINE

Embraer deve cortar salários e jornadas

A jornada de trabalho e o salário podem ser reduzidos em 25%

Publicado em 07/04/2020 às 08h14
Embraer, conglomerado transnacional brasileiro
Embraer, conglomerado transnacional brasileiro. Crédito: Reprodução Twitter @embraer

Após duas semanas de licença remunerada e duas de férias coletivas (que se encerrarão na sexta-feira, 10), funcionários da Embraer deverão ter seus contratos suspensos por 60 dias ou a jornada de trabalho e o salário reduzidos em 25%.

Essa foi a proposta apresentada pela empresa aos funcionários, na segunda-feira (6), segundo o sindicato da categoria.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.