ASSINE

Cresce desgaste na relação de Paulo Guedes com Senado

Os mais aborrecidos afirmam que Guedes tenta transmitir ao mercado a impressão de que busca se aproximar dos senadores para avançar com as pautas econômicas

Publicado em 09/09/2021 às 15h11
Ministro da Economia, Paulo Guedes
Ministro da Economia, Paulo Guedes. Crédito: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A já fragilizada relação do governo com o Senado pode piorar, segundo senadores que se dizem incomodados com a postura do ministro Paulo Guedes (Economia). Os mais aborrecidos afirmam que Guedes tenta transmitir ao mercado a impressão de que busca se aproximar dos senadores para avançar com as pautas econômicas de interesse do país, mas ao mesmo tempo segue fazendo críticas sistemáticas à Casa em reuniões reservadas.

Estes mesmos senadores repetem que vão manter suas condições para aprovar pautas econômicas, apesar do ruído com Paulo Guedes, desde que as matérias sejam de interesse do país, não de interesse do ministro.

Os discursos feitos por Bolsonaro com ameaças golpistas ao STF (Supremo Tribunal Federal) nos protestos governistas de terça (7) contribuíram para piorar as relações de sua gestão no Senado, onde a base já é dispersa e o Executivo sofre seguidas derrotas, como a derrubada do projeto com programas trabalhistas na semana passada.

Após a fala de Bolsonaro na avenida Paulista, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), decidiu cancelar as sessões de quarta (8) e quinta (9), o que atravanca os interesses do governo com seus projetos à espera de análise na Casa.

A sequência de ruídos tende a dificultar a apreciação de projetos considerados vitais pela equipe de Guedes, como mudanças no Imposto de Renda e a privatização dos Correios.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.