ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Caixa já pagou R$ 179 bi em auxílio emergencial, diz Guimarães

Segundo o presidente da instituição, as regiões Norte e Nordeste tiveram um volume de pagamentos superior à representatividade que têm na composição do PIB

Publicado em 27/08/2020 às 16h39
Caixa deposita mais uma parcela do auxilio emergencial
Caixa deposita mais uma parcela do auxilio emergencial. Crédito: Reuters/ Pilar Olivares

A Caixa Econômica Federal já pagou R$ 179 bilhões em benefícios relacionados ao auxílio emergencial oferecido pelo governo relacionado à pandemia de covid-19, beneficiando 66,9 milhões de pessoas, por meio de 254 milhões de pagamentos em cinco parcelas, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Segundo ele, as regiões Norte e Nordeste tiveram um volume de pagamentos superior à representatividade que têm na composição do PIB, "numa demonstração empírica de que nessas regiões moram pessoas mais carentes".

Foram R$ 62,2 bilhões pagos em auxílio emergencial para a região Nordeste (14,7% de contribuição ao PIB) e R$ 19,3 bilhões para o Norte (5,6%).

A região Sudeste, entretanto, que tem contribuição de 36,8% no PIB, recebeu R$ 65,8 bilhões em auxílio emergencial, de acordo com o slide da apresentação.

Guimarães falou ainda que a Caixa tem 109 milhões de pessoas cadastradas e já processadas, 67 milhões de elegíveis e cerca de 120 mil em análise e reanálise.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.