ASSINE

Sedu abre seleção para auxiliar de secretaria escolar

Candidatos precisam ter o nível médio e curso de informática básica; inscrições poderão ser feitas de 30 de outubro a 6 de novembro

Publicado em 29/10/2020 às 12h02
sedu
Sedu vai contratar auxiliar de secretaria escolar em todo o Estado . Crédito: Arquivo A Gazeta

Secretaria de Estado da Educação (Sedu) vai abrir processo seletivo simplificado para contratar auxiliares de secretaria escolar. A seleção tem como objetivo formar cadastro de reserva, que será acionado de acordo com a necessidade do órgão.

Para participar, o candidato precisa ter o nível médio e curso de informática básica ou equivalente, com carga horária de, no mínimo 30 horas. A remuneração é de R$ 1.045, para carga horária de 30 horas semanais. Os profissionais vão receber ainda auxílio alimentação de R$ 225.

Os selecionados poderão trabalhar em escolas estaduais de todo o Espírito Santo, com contratos temporários. De acordo com o edital, a cada seis oportunidades, uma será destinada a pessoas negras, enquanto que de 33 vagas, um será para população indígena.

A seleção será realizada em duas etapas. A primeira será composta por inscrições e declaração de títulos, de caráter classificatório. Já a segunda fase contará com chamada, comprovação de títulos e formalização do contrato de trabalho, de caráter eliminatório.

Os interessados podem se inscrever das 10h do dia 30 de outubro até as 17h do dia 6 de novembro de 2020, no site www.selecao.es.gov.br.

O contrato de prestação de serviço temporário será firmado pelo prazo determinado de 12 meses, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, condicionado à avaliação de desempenho e ao interesse da Administração.

ATRIBUIÇÃO DO CARGO

O auxiliar de secretaria escolar tem como atribuições coordenar, organizar e responder pelo expediente geral da Secretaria Escolar, realizando:

  • a computação e a classificação dos dados referentes à organização da unidade escolar;
  • o atendimento ao público, na área de sua competência;
  • o encaminhamento da documentação recebida de aluno transferido à equipe pedagógica para verificação de sua regularidade e a necessidade complementação curricular;
  • a comunicação à equipe técnico-pedagógica dos casos de estudantes que necessitam regularizar sua vida na unidade escolar seja quanto à falta de documentação, lacunas curriculares e outros aspectos pertinentes, observados os prazos estabelecidos em legislação vigente e pela SEDU;
  • a atualização dos registros do aproveitamento do rendimento escolar e frequência dos estudantes;
  • a manutenção dos registros dos prontuários dos alunos devidamente atualizados;
  • a manutenção dos cadastros dos professores e demais servidores devidamente atualizados.
  • manter afixado em local visível e de fácil acesso os atos oficiais da unidade escolar;
  • divulgar as informações referentes à unidade escolar mediante autorização da direção escolar;
  • zelar pela guarda e sigilo dos documentos escolares;
  • organizar o serviço de atendimento a professores, estudantes e familiares/responsáveis, bem como a terceiros;
  • cumprir regularmente as datas estabelecidas pela SEDU na entrega de documentos e informações no Sistema Estadual de Gestão Escolar - SEGES e demais sistemas informatizados utilizados pela Secretaria de Estado da Educação;
  • responsabilizar-se pela atualização e fidedignidade dos dados inseridos no Sistema de Gestão Escolar (SEGES), Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (SIARHES) e demais sistemas utilizados pela Secretaria de Estado da Educação - SEDU; 
  • outras atribuições que lhe forem conferidas.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.