Prefeitura de Aracruz abre 60 vagas para guarda-vidas

Candidatos precisam ter o ensino fundamental completo; inscrições podem ser feitas até 24 de novembro. Saiba como concorrer a oportunidade

Publicado em 03/11/2020 às 13h08
Atualizado em 03/11/2020 às 13h08
Vagas para guarda-vidas em Aracruz
Vagas para guarda-vidas em Aracruz. Crédito: Divulgação / Prefeitura de Aracruz

Prefeitura de Aracruz vai contratar 60 guarda-vidas para trabalharem durante o verão. O profissional deve exercer funções em regime de 40 horas semanais, com escala pré-determinada. A remuneração mensal será no valor de R$ 1.157,25 mais auxílio-alimentação e vale-transporte.

Para participar, o candidato precisa ter o ensino fundamental completo e ter revalidado ou concluído o curso de formação de guarda-vidas ministrado pelo Corpo de Bombeiros Militar no ano de 2020.

Os interessados podem se inscrever de forma presencial até 24 de novembro de 2020, na Secretaria de Turismo e Cultura (Semtur), que fica na Rua Zacarias Bento Nascimento, nº 167, Centro. O atendimento será realizado em dias úteis, de segunda a quinta-feira, das 12h às 17h e na sexta-feira, das 7h às 12h.

De acordo com o edital, os candidatos serão classificados mediante etapa única de avaliação das inscrições que consiste na análise dos documentos e requisitos apresentados no ato de inscrição, de acordo com os critérios de pontuação especificados no edital.

O contrato de trabalho será de 21 de dezembro de 2020 a 21 de fevereiro de 2021 com possibilidade de prorrogação. Os profissionais vão trabalhar em regime de escala, das 7 às 18 horas, sendo que todos estarão escalados nos fins de semana, feriados e pontos facultativos.

Entre as funções a serem realizadas pelo profissional contratado estão as seguintes atribuições: realizar tarefas de vigilância e salvamento para prevenir afogamentos e salvar vidas na orla marítima do município; orientar no que se refere à abordagem de banhistas com animais na praia e práticas esportivas; responsabilizar-se pela utilização de equipamentos e materiais colocados à disposição; percorrer a área, atentando-se para as atitudes dos banhistas; e demais atribuições especificadas no edital.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.