ASSINE

Caixa contrata 7,7 mil entre aprovados em concursos e terceirizados

Com expansão de agências, banco público está convocando quem já tinha feito alguma seleção. Há ainda recrutamento de estagiários do ensino médio, técnico e superior

Publicado em 17/03/2021 às 12h41
Atualizado em 17/03/2021 às 16h55
Vitória - ES - Movimentação em frente agência da Caixa Econômica na Reta da Penha para retirada do benefício do Governo Federal.
Agência da Caixa Econômica na Reta da Penha, em Vitória. Crédito: Vitor Jubini

Caixa Econômica Federal vai contratar 7.704 profissionais em todo o país para reforçar o atendimento nas agências e atuar em novas unidades do banco. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (17) pelo presidente da estatal, Pedro Guimarães.

Do total, 2.766 vagas são para empregados próprios que foram aprovados em concursos públicos já realizados. Atualmente, a Caixa já está convocando 566 aprovados no concurso público de 2014 para atuação em novas unidades no banco no Norte e Nordeste e 87 técnicos em Tecnologia da Informação (TI) que vão trabalhar no Distrito Federal.

Entre os profissionais que serão contratados, os trabalhadores terceirizados representam a maioria. São 2.320 vagas para vigilantes e 1.456 para recepcionistas. O banco ainda não divulgou a forma de seleção destes funcionários.

“São pessoas que farão a diferença neste momento tão sensível que o Brasil vive. Mais uma vez, ouvimos as demandas dos empregados e agimos rapidamente para fortalecer o atendimento, em especial para aqueles que mais precisam”, explicou Pedro Guimarães sobre as vagas.

PROGRAMA DE ESTÁGIO

Entre as mais de 7,7 mil vagas, estão 1.162 postos voltados para estagiários. Até o dia 15 de abril, estão abertas as inscrições para o Programa de Estágio da Caixa, que atualmente oferece  1.100 oportunidades em todo o país, sendo 10% destinadas a Pessoas com Deficiência (PCD).

A seleção contempla estudantes do ensino médio, técnico e superior (cursos de Arquitetura, Engenharia e Direito) e há vagas para cidades em vários Estados brasileiros.

Para participar, os estudantes devem acessar o site do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e fazer a inscrição. No momento da inscrição, o candidato deve indicar qual localidade deseja trabalhar.

O contrato de estágio é de, no máximo, dois anos. No caso dos PCDs, esse prazo pode ser prorrogado.

EXPANSÃO

Em janeiro, a Caixa anunciou a criação de 76 novas unidades em todo o Brasil, sendo 20 unidades especializadas no agronegócio. Com essa expansão, o banco quer estar presente em todos os municípios brasileiros com mais de 40 mil habitantes, totalizando 4.200 agências.

Recentemente, o presidente da Caixa também anunciou que o banco está em contato com prefeituras de cidades com menos de 40 mil habitantes que ainda não possuem nenhuma agência bancária para tentar viabilizar a abertura de unidades nesses locais.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.