ASSINE

Ambev demite funcionário após comentário homofóbico

“Nem são gente, uma raça maldita” disse o empregado nas redes sociais; empresa demitiu o profissional e, em nota, repudiou a atitude do rapaz

Publicado em 13/02/2020 às 16h12
Empresa demite funcionário após comentário homofóbico em redes sociais. Crédito: Ambev (Divulgação)
Empresa demite funcionário após comentário homofóbico em redes sociais. Crédito: Ambev (Divulgação)

A Ambev, uma das maiores cervejarias do Brasil, demitiu esta semana um funcionário que fez uma postagem homofóbica nas redes sociais. A notícia foi dada pela revista Exame  e confirmada pelo site Uol. A empresa, em nota, declarou repúdio a atitude do rapaz e afirmou o desligamento do empregado ao jornal.

O caso aconteceu após o profissional comentar em uma publicação sobre um casal gay que foi impedido de alugar imóvel no Rio de Janeiro,  que “não alugaria um lugar seu para homossexuais”, acrescentando ainda que pessoas homossexuais “nem são gente, uma raça maldita”, e outros xingamentos direcionados ao casal.

A informação chegou a companhia através de um grupo interno de apoio aos LGBTI+, um dos grupos de diversidade da companhia. Em nota divulgada pela Exame, a empresa afirma que: “A Ambev não aceita, em hipótese alguma, que as pessoas faltem com o respeito ou sejam preconceituosas. Esse comportamento não é tolerado por nós. O funcionário já não faz parte da companhia. Reforçamos que sempre apoiaremos o respeito e todas as formas de amor”.

A Gazeta integra o

Saiba mais
lgbt preconceito Ambev

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.