ASSINE
Taynã Feitosa é sommelière e cervejeira apaixonada por uma boa cerveja e suas infinitas possibilidades. Também é jornalista e mercadóloga

Cerveja e comida japonesa combinam? Saiba como harmonizar

Exemplares da bebida mais claros e leves, sem notas de malte torrado e amargor proeminente são o ponto de partida para transformar essa experiência gastronômica

Publicado em 11/11/2020 às 08h00
Mulher comendo sushi e bebendo cerveja/chope
Witbier, Bohemian Pilsner e German Pils: estilos de cerveja que combinam com sushi. Crédito: Shutterstock

Se você é leitor assíduo desta coluna já percebeu que quando o assunto é harmonização destaco sempre a complementação de sabores como peça-chave: acidez que corta gordura, teor alcóolico que acentua dulçor e por aí vai.

Mas como fica o desafio de harmonizar cervejas com pratos da culinária japonesa, conhecida pela delicadeza e por sensações gustativas tão diferentes do nosso paladar ocidental?

É comum vermos sugestões de harmonização de comida japonesa com saquê, é claro, e também com vinho, duas bebidas que, assim como a cerveja, são fermentadas.

A partir desse princípio, podemos considerar várias possibilidades de harmonização entre cervejas e esses sabores orientais. Vale destacar que a comida japonesa que usarei como exemplo aqui é a que encontramos com mais facilidade no Brasil, com ênfase em peixes e frutos do mar crus ou em preparações delicadas, como sushis e sashimis.

BREJA X JAPA

Para começar, a regra é bem parecida com a que usamos para harmonizações com frutos do mar (lembra da coluna sobre cerveja e moqueca capixaba?): cervejas claras e leves, sem notas de malte torrado e amargor proeminente são o ponto de partida para transformar essa experiência gastronômica.

Taynã Feitosa

Sommelière e colunista

"Dê preferência a cervejas leves, claras e com notas de aroma e paladar mais discretas, para que os frutos do mar sobressaiam."

Vale lembrar também que a acidez é a melhor amiga desses ingredientes. Seja ela mais residual, por conta do malte escolhido (como nas Weizenbier), ou mais expressivo, como em Sours, os ácidos presentes na bebida podem ressaltar o sabor do peixe e também ajudar a equilibrar peixes mais gordurosos, como o salmão.

Para essas preparações com maior concentração de gordura, outra dica é optar por estilos um pouco mais alcoólicos, como algumas Ales de trigo.

ESTILOS QUE DÃO MATCH

Estilos como as super aromáticas Witbiers e também as Kölsch costumam ser certeiras para acompanhar comida japonesa devido à sua refrescância e suavidade. As notas aromáticas e frutadas desses dois estilos combinam com a sutileza dessa culinária.

Além desses estilos que, particularmente, são as minhas pedidas para acompanhar um bom japa, as German Pils e as Bohemian Pilsner também são boas escolhas, assim como suas primas do Novo Mundo, as American Lager e as Light Lager.

3 DICAS DA COLUNISTA

  • Japas Oishii Witbier (310ml) - As cervejas da marca são incríveis em todos os aspectos: desde os rótulos, que são obras de arte, até a escolha de cada ingrediente. As receitas fogem do comum e encantam principalmente pela sutileza, assim como a culinária japonesa. Essa witbier leva casca de laranja e gengibre. Impossível dar errado.
  • Quanto: R$ 17,90 no Clube do Malte
  • Eisenbahn Kölsch (355 ml) - Acessível em qualquer prateleira de supermercado, essa cerveja de estilo alemão é uma boa escolha para uma harmonização mais despretensiosa. Com amargor baixinho e quatro tipos de malte na receita (incluindo o de trigo), ela garante frescor e tem ótima drinkability.
  • Quanto: R$ 6,75 na Costi Bebidas

Acompanhe a colunista também no Instagram ou clique aqui para ler as colunas anteriores.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Gastronomia Fique bem Cerveja opinião

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.