ASSINE
Colunista de Famosos

"Filho da empregada apresentou jornal", diz, emocionado, repórter da TV Gazeta

Elton Ribeiro se emocionou ao ocupar a bancada do ES1, jornalístico da afiliada da TV Globo no Espírito Santo, neste sábado (13)

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 14/03/2021 às 13h37
O repórter Elton Ribeiro emocionou ao apresentar o ES1, da TV Gazeta, e dar depoimento sobre ser
O repórter Elton Ribeiro emocionou ao apresentar o ES1, da TV Gazeta, e dar depoimento sobre ser "o filho da empregada" e sonhos. Crédito: TV Gazeta/Reprodução

Elton Ribeiro sempre teve vontade de ser apresentador de televisão. Há quase dois anos, entrou para o time de repórteres da TV Gazeta e, de lá para cá, caiu na graça dos telespectadores da afiliada da TV Globo no Espírito Santo. Neste sábado (13), ele emocionou o público ao falar da realização do sonho de ocupar a bancada de um jornalístico da televisão aberta. 

"É um momento de emoção para mim. Queria agradecer a todo mundo que mandou mensagem, que estão me parabenizando por apresentar o ES1... E é o seguinte. Estar aqui hoje, nesse telejornal, por onde já passaram grandes nomes importantes, para mim é muito importante. Então quero agradecer o espaço que toda a TV Gazeta, direção, gerência, colegas de trabalho, me deram para apresentar esse telejornal aqui. E para você, que quer realizar seu sonho, presta atenção aqui. O filho da empregada e do zelador apresentou um telejornal. Você também pode", disse ele, ao encerrar o programa, ao vivo. 

E não demorou muito para a cena repercutir nas redes sociais. Um dos primeiros posts do Twitter, feito minutos após o fim do ES1, diz: "No encerramento do ES1 de hoje, Elton Ribeiro fez um discurso emocionante (ele conseguiu se conter) sobre a gratidão de estar apresentando o jornal, além de agradecer e incentivar aqueles que têm sonhos". 

À coluna, o próprio Elton detalha a sensação de se realizar profissionalmente, passada a euforia da emoção ao vivo: "Na época que minha mãe era faxineira, meu pai era zelador no prédio em que a gente morava e onde nós vivíamos no Guarujá, em São Paulo. Nessa época que eles tinham essas profissões. Depois, quando eu tinha cinco anos, eles se divorciaram e minha mãe teve muita dificuldade em nos criar, eram três filhos. Ela navegou muito sozinha e foi muito difícil". 

O repórter da afiliada da TV Globo lembra que tudo começou com sua paixão por assistir à TV. Elton diz sempre ter sido telespectador assíduo de vários programas tradicionais, como Globo Rural, e que, com o tempo, ele foi tendo vontade de estar "do lado de lá" das câmeras. À época, teve que ir morar na cidade de São Paulo para conseguir trabalhar e pagar a faculdade de Jornalismo, que começou a render frutos em 2003, quando ele teve seu primeiro contato profissional com a função de comunicador. 

"Em 2003 comecei a fazer funções de departamento de operações, apresentar transmissões ao vivo... Em 2015 foi a primeira vez que trabalhei como jornalista em redação e em 2016 tive oportunidade de trabalhar pela primeira vez como repórter em TV aberta, na Band de São Paulo, e foi quando eu comecei a conquistar meu sonho. E sempre tive vontade de ser apresentador. E hoje realizei. Cheguei a apresentar um jornal. Aquele recado eu me senti na obrigação de fazer, porque tem muita gente que está na mesma situação e acha que não vai acontecer. E isso acontece comigo, então tenho que mostrar para os outros. Sou filho de empregada doméstica e zelador de prédio e pude chegar à apresentação de um jornal", comemora.

De ter a história de vida que tem e ter chegado onde chegou, Elton tem orgulho das próprias conquistas e mais: agradece à mãe o empenho. "Minha mãe tem muito orgulho de mim, uma mãe praticamente mãe solteira, porque criou a gente sozinha na vida. Passou por muita coisa. E sempre me dei bem com meu pai, mas ele já faleceu há quatro anos". 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Rede Gazeta Rede Globo TV Gazeta Fique bem capixaba capixaba celebridades espírito santo Famosos Globoplay

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.