ASSINE
Apaixonada por vinhos, Nádia Alcalde é jornalista, sommelière e consultora. Escreve sobre o universo da bebida, antenada com lançamentos, tendências e notícias.

Conheça 8 vinhos de Portugal que são campeões de venda no ES

Seleção traz opções de vinho verde, do Porto, rosé e tinto: saiba por que esses rótulos não podem faltar na sua adega

Publicado em 21/05/2021 às 02h03
Vinhedo em Portugal/Vinho de Portugal
Vinhos de Portugal ocupam o segundo lugar em importações para o Brasil . Crédito: Shutterstock

Uma pesquisa realizada pela Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) mostra um crescimento acentuado no consumo per capita de vinho em todo o mundo. No Brasil, percebe-se um grande aumento durante o período da pandemia, tanto nas vendas de vinhos nacionais como nas de rótulos importados.

Entre os importados, os portugueses aparecem como um um dos preferidos dos brasileiros, ocupando o segundo lugar em importações. A ViniPortugal, organização que promove os vinhos portugueses pelo mundo, registrou já nos primeiros meses deste ano um crescimento de 38% das exportações daquele país para o nosso.

Seja pelo custo-benefício ou pela variedade de regiões produtoras e de uvas nativas, é fato que os vinhos produzidos em Portugal agradam aos mais diversos perfis de consumo. E no Brasil, tão extenso e heterogêneo, não seria diferente. 

A seguir, trago uma lista com oito portugueses campeões de venda no Espírito Santo. Saiba por que eles não podem faltar na sua adega:

Vinho Verde DOC Campelo Adamado 

  • Os vinhos verdes são sempre coringas, e o Campelo é facilmente encontrado em restaurantes da Grande Vitória. De fácil harmonização, é um vinho macio, fresco, com sabor de fruta, jovem e refrescante. Tem aroma intenso, frutado, com notas de maçã e lima. Pouco alcoólico, pede logo outro gole. Quanto: R$ 59,89, na delicatéssen Koisas de Minas. (27) 3227-9164.

Matheus Rosé 

  • Este chama atenção por sua garrafa super charmosa e pela cor atraente do blend de uvas usado em sua elaboração: Baga, Rufete, Tinta Barroca e Touriga Franca. O Matheus Rosé combina muito bem com comida asiática e com pratos mais condimentados. Devido ao ótimo custo-benefício, é bastante usado no preparo de drinques. Quanto: R$ 35, na Wine.com.br. 

Casa Agrícola Portugal Reserva Tinto 2017 

  • Elaborado na região do Tejo com uvas Aragonez, Cabernet Sauvignon e Touriga Nacional, tem cor intensa, textura encorpada e equilibrada e acidez bem marcante. No nariz, são nítidos os aromas de frutas secas e de chocolate. O vinho vai muito bem nos dias mais frios, acompanhando pratos de carne vermelha bem temperados. Quanto: R$ 59,98, nos supermercados Extrabom.

Automático Ribeiro Santo DOC 2016 

  • Blend da região do Dão com uvas Alfrocheiro, Tinta Roriz e Touriga Nacional. Aroma bastante intenso, com frutas vermelhas maduras e especiarias, como pimenta preta. Bem estruturado em boca, com taninos maduros, traz notas de baunilha, especiarias e alcaçuz. Quanto: R$ 199, na adega Canto do Vinho. (27) 3314-4070.  

VInhos portugueses indicados pela colunista Nádia Alcalde

Herdade da Figueirinha Reserva 

  • Vinho da região do Alentejo com taninos suaves e perfeitos para acompanhar pratos de carne e queijos . Passa por um estágio curto em barricas de carvalho francês, o que é bastante notável no paladar. Seus aromas são de frutas vermelhas bem maduras. De corpo médio, surpreende no paladar. Quanto: R$ 63,90 no supermercado São José. (27) 3324-2355.

Península de Lisboa 2018

  • Os famosos tintos encorpados de Lisboa têm ganhado um espaço cada vez maior no mercado. O Península de Lisboa é elaborado com Castelão e Aragonez, e engarrafado após cinco meses de estágio em barricas de carvalho francês e carvalho americano usado. De cor rubi intensa, tem aromas de frutos vermelhos maduros e especiarias, com notas de baunilha. Está pronto para consumo, mas pode também ser guardado para ganhar ainda mais complexidade e estrutura em boca. Quanto: R$ 65, na Val do Rio Lisboa. (27) 3225-6236.

Periquita 2019 

  • Clássico. É uma das marcas portuguesa mais antigas e agrada a diversos paladares até hoje. Elaborado na Península de Setúbal com as uvas Castelão, Trincadeira e Aragonês, com seis meses em carvalho francês e americano de primeiro uso, é um vinho bastante equilibrado e ideal para o dia a dia. Quanto: R$ 63,50, no supermercado Perim. (27) 3061-7070.

Taylor’s Fine Tawny (tinto do Porto) 

  • Vinho do Porto não pode faltar na adega. É sempre interessante como aperitivo ou até mesmo para finalizar a refeição com um bom charuto, para quem aprecia. Macio, redondo e muito saboroso, o Taylor's Fine Tawny é elaborado por uma das casas de vinho do Porto mais antigas e respeitadas do mundo. Envelhecido por três anos em tonéis de carvalho nas caves da Taylor's em Vila Nova de Gaia. Quanto: R$ 139,99, no supermercado Carone. (27) 99805-0794.

VInhos portugueses indicados pela colunista Nádia Alcalde

Clique aqui para ler as colunas anteriores e acompanhe a colunista também no Instagram.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Gastronomia Portugal Fique bem opinião portugal vinhos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.