Tempo encoberto faz Terceira Ponte "sumir" nesta quarta-feira

A paisagem mudou drasticamente em poucos minutos nesta manhã na Grande Vitória. Meteorologista do Incaper explica o que aconteceu

Publicado em 07/10/2020 às 08h56
Imagens gravadas pelas câmeras da TV Gazeta no Morro do Moreno, em Vila Velha
Terceira Ponte nesta quarta-feira antes de "sumir" totalmente. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

A quarta-feira (7) do capixaba começou com tempo encoberto, pelo menos para aqueles que moram na Grande Vitória. Uma neblina tomou conta do céu nas primeiras horas da manhã e fez "sumir" o Convento da Penha e a Terceira Ponte, tradicionais cartões-postais do Espírito Santo. 

Imagens gravadas pelas câmeras da TV Gazeta no Morro do Moreno, em Vila Velha
Convento da Penha nesta quarta-feira antes de "sumir" totalmente. Crédito: Reprodução/TV Gazeta

A paisagem mudou drasticamente em poucos minutos. As câmeras da TV Gazeta instaladas no Morro do Moreno, em Vila Velha, mostraram que às 6h28 desta quarta (7) ainda era possível, com dificuldade, ver o Convento da Penha e a Terceira Ponte.  Quatro minutos depois, às 6h32, já não era possível ver mais nada.

Imagens gravadas pelas câmeras da TV Gazeta no Morro do Moreno, em Vila Velha
Tempo encoberto faz Terceira Ponte "sumir". Crédito: Reprodução/TV Gazeta

POR QUE ISSO ACONTECE?

O meteorologista do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Hugo Ramos, explicou em entrevista à TV Gazeta, que o cenário da manhã dessa quarta é resultado da presença de um sistema de baixa pressão, que trouxe a umidade do mar para o continente, especialmente na metade sul do Espírito Santo.

"A gente estava nos últimos dias com o tempo mais aberto e, nesta madruga, a gente teve a presença de um sistema de baixa pressão, que está trazendo umidade do mar para o continente. No entanto, o contraste dessas massas de ar, que perdem muito calor durante a noite, acabou resfriando essa umidade trazida pelo sistema de baixa pressão. Por essa razão, essa queda acentuada da temperatura. Essa umidade se condensou e formou essa neblina que ocupa toda a metade sul do Estado, até a divisa com o Rio de Janeiro", explicou Ramos.

Ainda de acordo com o meteorologista, nesta quarta pode chover nas regiões Sul e Serrana do Estado. Nesses locais, não está descartada a possibilidade chuva de granizo, como aconteceu na semana passada.

"A expectativa hoje é de chuva para região Sul e Serrana, em razão dessa umidade. A formação dessa chuva pode ser tão rápida, que não se descarta granizo, como na semana passada", afirmou.

Apesar de o dia ter amanhecido encoberto, por volta das 8h, o cenário já era outro: com tempo mais aberto e possibilidade de avistar a paisagem.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.