ASSINE

Amanhecer chama a atenção nesta sexta-feira (13) na Grande Vitória

Sexta de azar? Dia começou lindo, com céu em tons de vermelho e laranja. Depois, um nevoeiro marcou a paisagem. Especialista explica o que aconteceu

Publicado em 13/08/2021 às 11h11
Nascer do sol na Praia de Itaparica, em Vila Velha
Nascer do sol na Praia de Itaparica, em Vila Velha. Crédito: Laila Magesk

Você viu o amanhecer hoje? Quem reparou no céu nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (13), na Grande Vitória, viu um nascer do sol diferente, em tons de vermelho e laranja. A sexta-feira 13, popularmente conhecida como dia de azar, começou abençoada no Espírito Santo.

Para entender que fenômeno é esse, capaz de deixar o céu tão bonito, a reportagem de A Gazeta conversou com o meteorologista Hugo Ramos, do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Ele explica que o tom alaranjado no céu é um fenômeno meteorológico óptico conhecido como Espalhamento de Mie.

"Normalmente acontece durante o nascer ou pôr do sol, na camada baixa da atmosfera. Ele ocorre através do espalhamento da luz solar provenientes de partículas suspensas no ar, na faixa de comprimento entre o vermelho e o laranja", explica.

Nascer do sol na Praia de Itaparica em Vila Velha

O meteorologista esclarece que o Espalhamento de Mie é um fenômeno comum, considerando o horário de ocorrência (próximo do nascer do sol) e as partículas em suspensão na atmosfera.

"Em termos físicos, os raios solares durante o nascer ou o pôr do sol percorrem um longo caminho para atingir a superfície terrestre. Quando ele alcança o topo da atmosfera, o ângulo que ele incide sobre as partículas de água, poeira e outros elementos químicos em suspensão no ar causa esse efeito luminoso", detalha Ramos.

DEPOIS DO CÉU COLORIDO, O NEVOEIRO

Depois dos tons alaranjados, foi a vez de um nevoeiro cobrir parte do céu da Grande Vitória. O meteorologista Hugo Ramos diz que  a névoa úmida que se formou nesta sexta-feira (13) foi do tipo "névoa úmida de encosta".

Parte do céu de Vitória foi coberto por nevoeiro

Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória. Carlos Alberto Silva
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória
Nevoeiro cobriu parte da cidade de Vitória

A névoa úmida e o Espalhamento de Mie - que deixou o céu em tons de laranja - acontecem por conta da presença de vapor d'água na atmosfera. No entanto, são dois fenômenos distintos e um não tem relação com o outro. 

"Vento calmo, umidade muito elevada e uma pequena inversão de temperatura em baixos níveis da atmosfera foram os principais mecanismos de formação desta neblina entre a madrugada e o início da manhã desta sexta-feira (13)", afirma o meteorologista.

Nevoeiro tomou conta de parte do céu de Vitória nesta sexta-feira (13)

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.