ASSINE

Incaper alerta para baixa umidade relativa do ar na região Sul do ES

Segundo o órgão, a condição climática é mais comum nos períodos da tarde, quando as temperaturas estão elevadas; médico orienta como proceder nesses dias

Cachoeiro de Itapemirim / Rede Gazeta
Publicado em 12/08/2021 às 20h14
A atividade física regular faz o organismo funcionar melhor, diminuindo o cortisol, que é o hormônio ligado ao estresse
Em dias de baixa umidade, atividade física entre 12h e 15h deve ser evitada. Crédito: PORNSAWAN/ Freepik

O  Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) prevê o registro de umidade relativa do ar abaixo dos 30% na região Sul do Espírito Santo nesta sexta-feira (13), um índice que exige atenção pelos parâmetros da Organização Mundial de Saúde (OMS). O Incaper analisa a possibilidade de emitir alertas, caso o quadro se apresente mais crítico, pois o clima seco requer mais cuidados da população.

A baixa umidade do ar estimada, segundo o Incaper, deve-se ao fato de o Espírito Santo estar sob a influência de uma massa de ar seco que dificulta a formação de nuvens, uma característica comum nos meses menos chuvosos. Os baixos índices de umidade relativa do ar normalmente ocorrem no período da tarde, quando as temperaturas estão elevadas, explicou o órgão.

“Vale ressaltar também que a vegetação fica mais suscetível a incêndios. Como o índice está ficando próximo dos 30%, estamos avaliando a possibilidade de emissão de alertas, caso os índices alcancem as demais faixas de criticidade”, pontuou o Incaper.

CUIDADOS

A OMS aponta que a umidade ideal para a saúde dos seres humanos deve ficar entre 50 e 60%.  O médico Bruno Bastos, especialista em alergia, asma e imunologia, diz que o ar seco acaba reduzindo a produção do muco fisiológico, desidratando o aparelho respiratório e, por consequência, as pessoas ficam mais expostas a infecções respiratórias.

“Se for num dia frio então, o problema piora, a função de limpeza dos cílios fica diminuída, a garganta pode ficar seca e até ocorrer sangramento nasal”, descreve. 

Bastos recomenda alguns cuidados no período, tais como evitar atividade física entre 12h e 15h; usar umidificadores de ambiente (uma toalha molhada também é útil), lavar o nariz com soro fisiológico, beber 3 litros de água no dia mais seco e evitar se expor ao sol.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Incaper clima

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.