ASSINE

Tudo é recuperável, mas só para os vivos, diz líder da bancada ruralista

Presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, o deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS) diz que o agronegócio seguirá as orientações do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Publicado em 30/03/2020 às 18h26
Atualizado em 30/03/2020 às 18h26
Alceu Moreira da Silva
Presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS) . Crédito: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Presidente da Frente Parlamentar Agropecuária, o deputado federal Alceu Moreira (MDB-RS) diz que o agronegócio seguirá as orientações do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que, segundo ele, tem sido técnico e coerente desde o primeiro dia da crise ao propor o isolamento social para combater a expansão da pandemia do novo coronavírus.

"Tudo é recuperável, mas só para os vivos. Quando tudo passar, trabalharemos duas horas a mais, cancelaremos as férias em 2020, vamos estudar o que fazer. Mas isso só será possível se as medidas passadas pelo Ministério da Saúde forem respeitadas", diz Moreira à reportagem

Moreira ressalta que o apoio da bancada ruralista não virá em forma de crítica ao presidente Jair Bolsonaro, que tem estimulado a volta das pessoas às ruas e, neste domingo (29), desrespeitou orientações da Organização Mundial de Saúde e gerou aglomerações em passeio que fez pelo comércio em Brasília. A bancada é um dos principais eixos de sustentação do governo no Congresso.

"Desde o primeiro dia, o atual governo tem se comportado dessa forma, com discursos direcionados ao seu eleitorado. Temos, então, hoje, uma crise retórico-política. Mas o governo tem o mérito de ter colocado ministros técnicos. Tereza Cristina (Agricultura), Paulo Guedes (Economia) e Luiz Henrique Mandetta, por exemplo", completa.

Ele afirma que a Frente não entrará em polêmicas com o presidente. "Quem quiser ler por um viés ou por outro, vai da cabeça de cada um. Não jogaremos lenha na fogueira neste momento. Nossa preocupação é com a nossa área de trabalho, o agronegócio."

Brasil Jair Bolsonaro Coronavírus Covid-19 brasil Luiz Henrique Mandetta

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.