ASSINE

Governo antecipa vacinação contra gripe comum para povos indígenas

Também estão incluídos nesta nova etapa os profissionais de segurança, caminhoneiros, profissionais de transportes coletivos, portuários, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, funcionários do sistema prisional e outros

Publicado em 14/04/2020 às 18h28
Vacina
Governo antecipa vacinação contra gripe comum para povos indígenas . Crédito: Freepik

O Ministério da Saúde antecipou a vacinação contra a gripe comum para povos indígenas para a segunda fase da campanha nacional. A informação foi dada pelo ministro Luiz Henrique Mandetta, nesta terça-feira (14) em entrevista coletiva no Palácio do Planalto.

> CORONAVÍRUS | A cobertura completa

A campanha começa na próxima quinta-feira, 16, e vai até o dia 22 de maio. Também estão incluídos nesta nova etapa os profissionais de segurança, caminhoneiros, profissionais de transportes coletivos, portuários, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, funcionários do sistema prisional, adolescente em medida socioeducativa e presos.

"A meta é vacinar 90% dos públicos prioritários em todas as fases da campanha", disse. A saúde dos povos indígenas subiu a um nível de extra de preocupação por conta da chegada do novo coronavírus em tribos. Um adolescente da etnia Yanomami, de 15 anos, que estava infectado pelo novo coronavírus morreu no último dia 9, em Roraima.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Brasil Ministério da Saúde Saúde brasil Vacina contra gripe

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.