ASSINE

'Estadão' pede que Lewandowski autorize divulgação de exames de Bolsonaro

A Justiça Federal de São Paulo e o TRF-3 garantiram ao jornal o direito de ter acesso aos resultados dos testes. O governo, no entanto, recorreu e conseguiu barrar a medida no STJ

Publicado em 13/05/2020 às 11h24
Atualizado em 13/05/2020 às 11h26
Data: 12/03/2020 - Profissional em laboratório realiza teste de coronavírus. Freepik
Teste de coronavírus. Crédito: Freepik

A Advocacia-Geral da União (AGU) decidiu nesta terça-feira (12) se antecipar a uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e informou que entregou ao gabinete do ministro Ricardo Lewandowski os exames do novo coronavírus feitos pelo presidente Jair Bolsonaro.

A Justiça Federal de São Paulo e o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) garantiram ao jornal O Estado de S. Paulo o direito de ter acesso aos resultados dos testes, por conta do interesse público em torno da saúde do presidente da República. O governo, no entanto, recorreu e conseguiu barrar a medida no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

O jornal pediu nesta quarta-feira que Lewandowski analise a ação e restaure os entendimentos da primeira e da segunda instância, que haviam determinado a divulgação dos documentos. O Ministério Público Federal (MPF) também já se manifestou a favor da ação.

"A Advocacia-Geral da União (AGU) informa que entregou ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski os exames realizados pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para testar o contágio por Covid-19. Os laudos confirmam que o presidente testou negativo para a doença", informou a AGU em nota divulgada na noite desta terça-feira (12).

Procurado pela reportagem, o gabinete de Lewandowski comunicou que "os exames foram entregues pela AGU e recebidos no gabinete às 22h desta terça-feira". De acordo com o gabinete, o documento "foi lacrado e será encaminhado para análise do ministro na manhã desta quarta-feira que decidirá sobre a eventual divulgação".

A Gazeta integra o

Saiba mais
Jair Bolsonaro STF Coronavírus ricardo lewandowski

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.