Em meio à pandemia, Bolsonaro faz giro por comércio em Brasília

O comboio presidencial passou por lojas na Asa Norte, no Sudoeste e em Ceilândia. Bolsonaro falou com funcionários de um posto de combustível, de uma farmácia e de um mercado e com vendedores.

Publicado em 29/03/2020 às 12h12
Atualizado em 29/03/2020 às 12h12
Bolsonaro visita comércio em Brasília
Jair Bolsonaro visita comércio em Brasília, contrariando recomendação do Ministério da Saúde para a população manter isolamento social. Crédito: Reprodução/Instagram

Em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) saiu na manhã deste domingo (29) de sua residência oficial, o Palácio do Alvorada, em Brasília, para visitar pontos de comércio local e o Hospital das Forças Armadas (HFA).

O comboio presidencial passou por lojas na Asa Norte, no Sudoeste e em Ceilândia. Bolsonaro falou com funcionários de um posto de combustível, de uma farmácia e de um mercado e com vendedores.

Depois, passou pelo hospital e, em seguida, dirigiu-se a Ceilândia, cidade satélite de Brasília. No local,  Bolsonaro conversou com um assador de churrasco em espetinhos e defendeu sua visão de o comércio ficar aberto.

"Eu defendo que você trabalhe. Lógico, quem é de idade fica em casa. Às vezes, o remédio demais vira veneno", afirmou.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.