ASSINE

Em liberdade, Daniel Silveira posa com Fabrício Queiroz em evento

Deputado federal saiu da prisão há pouco mais de um mês e se juntou a ex-assessor de Flávio Bolsonaro, pivô do escândalo da rachadinha

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 18/12/2021 às 20h38
Em liberdade, Daniel Silveira posa com Fabrício Queiroz em evento
Daniel Silveira está entre Fabricio Queiroz e o PM conhecido como Chagas Bola, em evento bolsonarista. Crédito: Reprodução/Redes sociais

Pouco mais de um mês após deixar a prisão, o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) posou para fotos com Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro (PL-RJ) na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) e pivô do escândalo da rachadinha, em um evento bolsonarista.

Queiroz e Silveira se encontraram em um evento conservador realizado em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. O evento, apadrinhado pelo deputado federal Carlos Jordy (PSL-RJ), contou com a presença de nomes importantes do bolsonarismo, como a deputada federal Bia Kicis e o secretário estadual de Ciência e Tecnologia do Rio, Dr. Serginho (Republicanos-RJ).

Daniel Silveira foi definido por Jordy como "atração surpresa" do evento. O parlamentar e ex-policial militar foi preso pela primeira vez em fevereiro, por ataques e ameaças contra o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele chegou a ser beneficiado com prisão domiciliar em março, mas foi preso novamente em junho por desrespeitar seguidamente as medidas cautelares impostas pela Justiça. Silveira só voltou à liberdade em 9 de novembro.

Este vídeo pode te interessar

Já Queiroz ficou oito meses preso. Desde que voltou a poder sair de casa livremente, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro vem tentando retomar seu protagonismo político.

A "reestreia" de Queiroz em eventos bolsonaristas foi na manifestação de 7 de setembro, onde foi exaltado por políticos e militantes presentes na praia de Copacabana.

Em cinco de dezembro, foi presença ilustre no aniversário do deputado estadual bolsonarista Rodrigo Amorim (PSL-RJ), conhecido por ter  - ao lado de Daniel Silveira - quebrado uma placa em homenagem à vereadora Marielle Franco. Queiroz posou com Amorim e vários outros políticos presentes e foi convidado a subir ao palco.

Além de Silveira e Queiroz, também aparece na foto o sargento da PM do Rio Luiz Carlos Chagas de Souza Júnior. Conhecido como Chagas Bola, ele concorreu a vereador pelo PSL em 2020, recebendo uma das maiores fatias de fundo partidário entre todos os candidatos no Estado do Rio. Próximo de Flávio Bolsonaro, ele foi nomeado em dezembro de 2020 para um cargo de coordenação na Secretaria Estadual de Governo pelo governador Cláudio Castro (PL), também aliado da família Bolsonaro.

Chagas Bola tem acompanhado Queiroz em todos esses eventos políticos. Como a colunista Juliana Dal Piva revelou, Queiroz estuda uma candidatura a deputado federal em 2022. O UOL apurou que o PL é o destino mais provável do ex-assessor e amigo do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.