ASSINE

Cid Gomes deixa a UTI e é transferido para Fortaleza

Senador licenciado gravou vídeo dizendo que equipe médica salvou sua vida

Publicado em 20/02/2020 às 15h06
Atualizado em 20/02/2020 às 15h35
O senador licenciado Cid Gomes ao lado de médico no Hospital do Coração de Sobral. Crédito: Reprodução de vídeo
O senador licenciado Cid Gomes ao lado de médico no Hospital do Coração de Sobral. Crédito: Reprodução de vídeo

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE), que na manhã desta quinta-feira (20), deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi para a enfermaria do Hospital do Coração de Sobral, depois de ter sido atingido por dois disparos de arma de fogo, ao tentar romper um bloqueio de policiais grevistas da PM do Ceará com uma retroescavadeira, foi transferido para Fortaleza no início da tarde.

Ele está internado em observação no hospital Monte Klinikum, no bairro Aldeota, área nobre da capital. Cid chegou em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), de maca, mas aparentando saúde estável.

De acordo com os médicos que o atendem, Gomes está bem, conversando e respirando normalmente, mas por questões familiares, está sendo transferido para a capital do Estado. A informação é da assessoria de imprensa do senador.

Na noite de quarta-feira o político já estava lúcido e respirava sem ajuda de aparelhos. Ele chegou a ser transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral para realizar um exame de tomografia que não constatou alterações neurológicas ou cardíacas. Depois, voltou para o Hospital do Coração.

EM VÍDEO, CID DIZ QUE EQUIPE MÉDICA SALVOU SUA VIDA

Em vídeo publicado nas redes sociais, Cid Gomes, ainda no leito da UTI, agradeceu à equipe do Hospital do Coração, em Sobral. Ele disse que teve a vida salva pelos extraordinários cuidados médicos que recebeu na unidade de saúde.

"Quero me comprometer no futuro a retribuir buscando recursos para equipamentos para que este hospital possa salvar mais vidas como salvou a minha. Obrigado a todos da equipe. Foi um período curto, mas saio daqui sem necessidade de cuidados intensivos e já posso ser transferido para um quarto", disse.

De acordo com a assessoria de comunicação de Cid Gomes, há um projétil ainda alojado no corpo do senador e só o boletim médico pode confirmar a retirada por cirurgia. No hospital, ele passará por mais exames e ficará em observação até alta médica.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.