ASSINE

ANJ homenageia o Jornalismo com prêmio de Liberdade de Imprensa

Em 2020, a Associação Nacional de Jornais decidiu premiar a própria atividade jornalística pela defesa da democracia, da verdade e da pluralidade de pensamento

Vitória
Publicado em 28/11/2020 às 18h34
Computador; câmera; jornalismo
A atividade jornalística foi premiada por enfrentar um ambiente em que se cultiva a desinformação como instrumento de política. Crédito: Freepik

O Jornalismo, enquanto atividade profissional, foi homenageado pela Associação Nacional de Jornais (ANJ) com o Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa 2020. Tradicionalmente, a premiação é entregue a pessoas ou instituições que se destacam no campo da defesa da liberdade de imprensa. Dessa vez, no entanto, a associação optou por conceder o prêmio ao próprio Jornalismo pela "defesa da democracia, das liberdades, da verdade e da pluralidade de pensamento".

De acordo com a entidade, foram considerados o contexto de pandemia, que atingiu o exercício da profissão, e o "esforço do jornalismo de qualidade que enfrenta um ambiente em que se cultiva a desinformação como instrumento de política e crescem os ataques, físicos ou virtuais, aos profissionais da imprensa."

“As condições adversas da pandemia atingiram em cheio o exercício diário do jornalismo, assim como atingiram tantas outras atividades. Mesmo trabalhando em casa, longe do ambiente rico das redações, editores e repórteres prosseguiram cumprindo sua missão. Todo o restante da indústria também se adaptou e levou as informações à sociedade, no impresso e no digital", pontua o presidente da ANJ, Marcelo Rech.

PRÊMIO É ENTREGUE DESDE 2008

O Prêmio ANJ de Liberdade de Imprensa é entregue há 12 anos para profissionais e instituições que atuam na defesa da liberdade de imprensa ou que têm atividades profissionais que demonstram a importância dela. O último homenageado, em 2019, foi o ex-ministro do Superior Tribunal Federal (STF), Celso de Mello.

Entre as instituições que já ganharam o mérito nas últimas edições estão a Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), Diario Clarín (Argentina), Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a Associação Mundial de Editores de Notícias (WAN-IFRA).

jornalismo Liberdade de Imprensa

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.