ABI diz que Bolsonaro mentiu em discurso na ONU

Segundo a ABI, Bolsonaro mentiu e contribuiu para que o Brasil "caminhe para se tornar um pária internacional"

Publicado em 23/09/2020 às 13h01
O presidente Jair Bolsonaro abriu, nesta terça-feira (22), a 75ª edição da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU).
O presidente Jair Bolsonaro abriu, nesta terça-feira (22), a 75ª edição da Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU). Crédito: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Folhapress

Em nota emitida na noite desta terça-feira (22), a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) criticou o presidente Jair Bolsonaro pelo conteúdo de seu discurso na abertura da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), também na terça.

Segundo a ABI, Bolsonaro mentiu e contribuiu para que o Brasil "caminhe para se tornar um pária internacional". "Sem qualquer compromisso com a verdade, o presidente afirmou que seu governo pagou um auxílio emergencial no valor de mil dólares para 65 milhões de brasileiros carentes, durante a pandemia. O auxílio foi de 600 reais", afirma a nota, assinada pelo presidente da ABI, Paulo Jeronimo.

"O presidente responsabilizou índios e caboclos pelos incêndios na Amazônia e no Pantanal, que alcançam níveis nunca antes vistos no País. Todas as investigações, inclusive de órgãos oficiais, indicam que fazendeiros estão na origem das queimadas", segue a mensagem da ABI.

"O presidente transferiu a responsabilidade para governadores e prefeitos pelos quase 140 mil mortos vítimas do coronavírus. Todo o país é testemunha de sua leviandade, ao classificar a pandemia de 'gripezinha' e ir na contramão dos procedimentos defendidos pelas autoridades de saúde", afirma a nota, concluindo: "A ABI repudia esse comportamento que vem se tornando recorrente e conclama o povo brasileiro a não aceitar o verdadeiro retrocesso civilizatório".

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.