ASSINE

Problemas com a digestão? Saiba como preparar grãos e sementes

Grãos e sementes são fontes alimentares importantes, mas podem trazer desconforto para algumas pessoas. Eles atuam na fermentação, com fatores antinutricionais

Publicado em 26/07/2021 às 17h11
Gases podem ser causados por grãos e sementes
Gases podem ser causados por grãos e sementes. Crédito: Pixabay

As sementes e os grãos são conhecidos grupos alimentares vantajosos para a nutrição. Fontes de vitaminas do complexo B, de fibras importantes, além de oferecerem magnésio e zinco. Apesar da boa aparência, esses grupos podem trazer desconforto para algumas pessoas na hora da digestão. Isso acontece porque os grãos e sementes também atuam na fermentação e possuem substância com fatores antinutricionais, contribuindo para o relato de gases e distensão abdominal, como explica a especialista a nutricionista Roberta Larica.

De acordo com a comentarista da CBN Vitória, algumas pessoas deixam de consumir grãos e sementes com receio da má digestão.

Os grupos oferecem características importantes para a nutrição, sendo uma boa opção para veganos, por exemplo, mas em entrevista ao jornalista Fábio Botacin durante o Boa Mesa CBN, Roberta reconheceu que substâncias presentes nas cascas são de difícil digestão.

Mesmo com os problemas de digestão, você, leitor, não precisa parar de comer grãos e sementes. 

ROBERTA LARICA ENSINA DUAS MANEIRAS DE PREPARAR OS ALIMENTOS

  1. A Gazeta - se6q7z46hd
    01

    REMOLHO

    A primeira sugestão de Roberta Larica envolve feijão e água. A ideia é que os grãos durmam de molho, descansem, por uma noite de sono, de oito a doze horas na água. Coloque a quantidade de feijão que será consumida em uma bacia com água mineral, à noite. Ao amanhecer, ou após o intervalo determinado de horas, descarte a água que ficou de molho e cozinhe os grãos usando água nova. Segundo a nutricionista, isso ajuda a diminuir os gases, uma boa estratégia para facilitar a digestão, dando maciez ao grão.

  2. A Gazeta - oea7mjd6i
    02

    GERMINAÇÃO

    A segunda dica é como uma tarefa de casa do tempo da escola: cuidado e paciência. Deixe os grãos num algodão molhado, com possibilidade para uma pequena quantidade de terra. Sete dias é o período para que os brotinhos cresçam ali. Roberta diz que a tática, mais difícil que a primeira, oferece vantagens, como ação anticâncer. Você também pode comprar os grãos já germinados, porém o preço deve ser mais alto que o normal.

A nutricionista aconselha que, caso você adote as mudanças sugeridas e mesmo assim continue sentindo distensão abdominal ou gases, vale a pena consultar um médico e procurar, talvez, uma suplementação de um probiótico.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Alimentação cbn cotidiano cbn vitoria Roberta Larica Alimentos

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.